Unai Emery acusado de "conduta imprópria" por acertar em adepto com garrafa de água

Treinador do Arsenal desculpou-se imediatamente após o incidente e referiu que não teve qualquer intenção. Diz "respeitar" a decisão da federação inglesa

Unai Emery, treinador do Arsenal, foi acusado de conduta imprópria pela pela Federação Inglesa de Futebol (FA), depois de no jogo frente ao Brighton, na passada quarta-feira, ter pontapeado uma garrafa de água que acertou num adepto.

O treinador espanhol pediu desculpa ao espectador em questão logo após o incidente e também no final do encontro, que terminou 1-1. Após o jogo, Unai Emery afirmou que pontapeou a garrafa num momento de "frustração" e que não tinha qualquer intenção de acertar ou enviar o objeto na direção de alguém.

Esta quinta-feira, na antevisão ao jogo com o Liverpool, voltou a explicar que apenas pontapeou a garrafa porque estava "perto" dele. "Espero não ser castigado mas tenho de respeitar a decisão porque é uma consequência da minha ação, mas não uma intenção minha para com o adepto. Pedi-lhe desculpa", acrescentou.

Esta quinta-feira, no entanto, a FA acusou o treinador de conduta imprópria e a suspensão de um jogo é uma possibilidade, de acordo com a imprensa britânica. "A alegada ação de pontapear uma garrafa de água durante o jogo é conduta imprópria. [Unai Emery] Tem até as 18:00 de 6 de janeiro de 2019 para responder às acusações", referiu a federação inglesa em comunicado.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG