Três detidos em flagrante delito a vender bilhetes para o FC Porto-Benfica

Detenções foram efetuadas pela ASAE. Suspeitos procuravam vender os bilhetes, pela internet, com um lucro de 250% em relação ao valor real

Três pessoas foram detidas em flagrante delito pela ASAE pela venda irregular de bilhetes para o jogo de futebol entre o FC Porto e o Benfica. Os suspeitos procuravam vender os bilhetes com um valor de lucro de 250% acima do valor real.

A ação de fiscalização foi desencadeada pela Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal da ASAE (Autoridade de Segurança Alimentar e Económica) e resultou na detenção de três indivíduos, em flagrante delito, na zona metropolitana do Porto e São João da Madeira.

Foram "instaurados três processos-crime pela prática de venda irregular de bilhetes com especulação a atingir valores de lucro de 250% acima do valor facial", de acordo com um comunicado da ASAE. Foram apreendidos quatro bilhetes que se encontravam à venda através da Internet.

Os três detidos serão presentes a tribunal na próxima segunda-feira.

A ASAE alerta os consumidores que "devem evitar a aquisição de bilhetes acima do seu valor oficial, uma vez que essa venda constitui um crime de Venda Irregular de Bilhetes, punido com pena de prisão até três anos".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG