Treinador do Grêmio: "Jorge Jesus? Só fico curioso por nunca ter ouvido o nome dele"

Renato Gaúcho esclareceu que não quis menosprezar o português quando disse que "Jesus nunca conquistou nada e está com 65 anos". Já aquece o duelo entre gremistas e Flamengo para as meias-finais da Taça Libertadores

O treinador do Grêmio, Renato Gaúcho, esclareceu as suas declarações de domingo, quando disse que Jorge Jesus "nunca conquistou nada e está com 65 anos".

"Muita gente interpreta mal uma palavra ou outra minha, como quando eu falei da idade dele. Nunca vou menosprezar uma pessoa por causa da idade. Eu só fico curioso, pelo trabalho maravilhoso que ele vem fazendo no Flamengo - mas aí é que entram os 65 anos dele - por nunca ter ouvido o nome dele e por ele nunca ter treinado uma grande equipa da Europa, e nunca ter saído de Portugal", afirmou o técnico gremista, que vai defrontar o Flamengo do treinador português na quinta-feira, em jogo da 1.ª mão das meias-finais da Taça Libertadores.

"Quando saiu, foi para a Arábia. Então isso é que me surpreende. Pela capacidade dele como treinador, e o currículo dele. Ele tem dois, três ou quatro títulos, somente em Portugal", acrescentou.

Dias antes, tinha concordado que "o Flamengo está a jogar o melhor futebol do Brasil em conjunto com o Grémio" e que afirmado que Jorge Jesus "está com uma seleção nas mãos". "É obrigado a fazer exatamente o que está fazer: colocar o Flamengo jogar bem. Vamos saber se ele tem capacidade, se é um grande treinador e sê-lo-á se ele ganhar títulos no final. Ou se o tirarmos do Flamengo ou Palmeiras e o colocarmos num outro clube do Brasil e der resultado", frisou na altura.

Exclusivos