Torneio de Wimbledon vai ser cancelado e só volta em 2021

Organização vai fazer anúncio oficial ainda nesta semana. Ao contrário de Roland Garros, que foi adiado para setembro, organização decidiu que o torneio não terá edição este ano.

O torneio de Wimbledon não se vai realizar este ano devido à pandemia da covid-19. De acordo com a agência Reuters, a decisão será tornada oficial ainda nesta semana, mas Dirk Hordoff, vice-presidente da Federação alemã de ténis já veio dizer que a decisão está tomada.

"A organização de Wimbledon vai ter uma reunião nesta quarta-feira de onde sairá uma decisão final. Mas sei que, por fazer parte da direção do ATP e da WTA, que vão anunciar o cancelamento do torneio. Não há qualquer duvida sobre isso. Devido à atual situação da pandemia é necessário tomar esta medida", disse Dirk Hordoff à Sky Sports.

"Seria surreal imaginarmos que perante tantas restrições em termos de voos que temos de realizar seria possível organizar um torneio internacional como este. É algo impensável", acrescentou.

De acordo com a Reuters, a organização de Wimbledon, torneio que se a realizar entre 29 de junho e 12 de julho, tomou esta decisão depois de ter recusado fazer os jogos à porta fechada. A organização colocou também de parte a hipótese de adiar o torneio.

Caso se confirme o cancelamento do Grand Slam inglês, será a primeira vez que ta acontece desde 1945, data em que não foi celebrado devido à II Guerra Mundial.

Depois de Roland Garros, Wimbledon é mais um torneio que se vê afetado pela pandemia de coronavírus. No caso da prova francesa, contudo, a organização decidiu adiar a prova para setembro. Mas no que toca a Wimbledon, os seus responsáveis não querem o adiamento e vão mesmo optar pelo cancelamento. Ou seja, será preciso esperar por 2021 para ver em ação na relva os maiores tenistas do circuito mundial.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG