Taarabt: "Passei por um inferno insuportável"

O médio do Benfica regressou à seleção de Marrocos cinco anos depois e fez questão de recordar os tempos em que esteve sem jogar.

Adel Taarabt está "a viver uma sensação maravilhosa" neste regresso à seleção de Marrocos, cinco anos depois da última chamada, e por ter passado a ser opção regular no seu clube, o Benfica.

"Esforcei-me para estar com este grupo e posso dizer que passei por um inferno insuportável", acrescentou, recordando que teve de fazer "grandes sacrifícios para recuperar o nível" que o fez destacar-se aos 17 anos no Tottenham. Sobre o passado recente em que não foi opção no Benfica diz ter sido "uma lição".

Taarabt, que foi titular pela primeira vez esta época no último jogo com o Sp. Braga, revelou à imprensa marroquina que neste momento está a ser utilizado no Benfica "como número oito", pelo que coloca nas mãos do selecionador Vahid Halilhodzic o papel que lhe está reservado na seleção. "Estou disponível para aceitar todas as funções que me entender dar", resumiu.

Refira-se que a seleção de Marrocos joga esta sexta-feira com o Burkina Faso e na terça-feira com o Níger em partidas de preparação para a fase de qualificação para a Taça de África das Nações.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG