Ítalo Ferreira "rouba" o palco a Medina em Peniche. Título só no Havai

O surfista brasileiro Ítalo Ferreira venceu pela primeira vez o Meo Rip Curl Pro Portugal, 10.ª e penúltima etapa do circuito principal, ao triunfar na final diante do francês Joan Duru.

Com a praia de Supertubos a rebentar de gente à espera, na sua maioria, de ver Gabriel Medina confirmar já o título mundial em Portugal (como Neymar, que voltou a estar em Peniche a apoiar o amigo), foi outro brasileiro a aproveitar o "palco" e a festejar a sua primeira vitória na etapa portuguesa do campeonato do mundo de surf organizado pela World Surf League, após deixar Medina pelo caminho.

Ítalo Ferreira, o surfista natural da Baía Formosa, no nordeste brasileiro (Rio Grande do Norte), conseguiu no Meo Rip Curl Pro Portugal o terceiro triunfo da carreira. Todas nesta temporada, a melhor desde que chegou à elite do surf, em 2015, ano de rookie no qual desde logo começou a criar impacto, tendo chegado então também à final em Supertubos - mas aí perdendo para Filipe Toledo. Desta vez, Ítalo não deixou escapar a oportunidade e superou na final o francês Joan Duru, amealhando 15,93 pontos (7,43 e 8,5), contra os 10,77 (7 e 3,77) do adversário.

Ninguém conseguiu ganhar tantas etapas do Championship's Tour de 2018 (três) quanto Ítalo Ferreira, numa época em que só duas provas não tiveram vencedor brasileiro (as duas ganhas pelo australiano Julian Wilson). Gabriel Medina ganhou duas, Felipe Toledo outras duas e Willian Cardozo uma, além das três de Ítalo Ferreira, que tinha ganho já este ano o Rip Curl Bells Beach, na Austrália, e o Corona Bali Protected, na Indonésia.. Ainda assim, ele já não conta para a matemática do título.

A luta está resumida a três: os brasileiros Medina (o líder do ranking, com 56,190 pontos) e Toledo e o australiano Wilson (ambos com 51,450).

À entrada para o último dia de competição, em Peniche, já só Gabriel Medina e Julian Wilson estavam em prova, entre os candidatos ao título. Filipe Toledo caíra logo na terceira ronda, diante do futuro finalista Joan Duru, que entrou para esta etapa em 23.º na classificação anual e foi a grande surpresa em Supertubos.

No circuito de elite desde 2015, Ítalo Ferreira vive a melhor temporada da carreira e já ganhou três etapas em 2018

Na primeira eliminatória deste sábado, os quartos-de-final, Joan Duru fez cair também Julian Wilson. E Gabriel Medina - que nos "quartos" venceu o australiano Matt Wilkinson, ao som dos cânticos de "o campeão voltou" entoados pelo mar de gente que torcia pelo título do brasileiro em Peniche - ficava a apenas duas baterias de concretizar esse cenário. No entanto, o campeão mundial de 2014 não resistiu ao duelo de aéreos com o empolgado Ítalo nas meias-finais e a decisão do título teve de ficar adiada para o Havai.

Em Pipeline, em dezembro, Medina só precisa de ir à final para garantir automaticamente o segundo título mundial. Caso o brasileiro termine na terceira posição, Julian Wilson e Filipe Toledo precisarão de conquistar a etapa para superarem Medina. Caso este acabe entre o quinto e o 25º lugares, os rivais precisam de chegar à final.

Quanto ao português Frederico Morais, a lutar por se manter entre os 22 surfistas que garantem o lugar para a próxima temporada, acabou a prova de Peniche em 9.º, o que lhe permitiu subir um lugar no Mundial, para 21.º do ranking. Também nas (mais complicadas) contas da permanência, tudo se decidirá no Billabong Pipe Masters, com período de espera agendado entre os dias 8 e 20 de dezembro.

Pode consultar os resultados finais do Meo Rip Curl Pro Portugal aqui e o ranking atualizado do mundial de 2018 aqui.

Histórico das provas do Circuito Mundial de surf em Portugal:

2018 - 10.ª etapa, Meo Rip Curl Pro Portugal, em Peniche, vencedor Ítalo Ferreira (Bra)

2017 - 10.ª etapa, Moche Rip Curl Pro Portugal, em Peniche, vencedor Gabriel Medina (Bra)

2016 - 10.ª etapa, Moche Rip Curl Pro Portugal, em Peniche, vencedor John John Florence (EUA)

2015 - 10.ª etapa, Moche Rip Curl Pro Portugal, em Peniche, vencedor Filipe Toledo (Bra)

2014 - 10.ª etapa, Moche Rip Curl Pro Portugal, em Peniche, vencedor Mick Fanning (Aus)

2013 - 9.ª etapa, Rip Curl Pro Portugal by Moche, em Peniche, vencedor Kai Otton (Aus)

2012 - 10.ª etapa, Rip Curl Pro Portugal, em Peniche, vencedor Julian Wilson (Aus)

2011 - 9.ª etapa, Rip Curl Pro Portugal, em Peniche, vencedor Adriano de Souza (Bra)

2010 - 8.ª etapa, Rip Curl Pro Portugal, em Peniche, vencedor Kelly Slater (EUA)

2009 - 9.ª etapa, Rip Curl Pro Search, em Peniche, vencedor Mick Fanning (Aus)

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG