Sporting vence na visita ao Besiktas na Liga dos Campeões

Os leões ganharam por 33-27 e igualam os lideres do grupo C

O Sporting regressou este sábado às vitórias na Liga dos Campeões de andebol, depois de ganhar ao Besiktas Mogaz, por 33-27, em jogo da quarta jornada do grupo C, disputado em Izmit, na Turquia.

Os campeões portugueses cedo demonstraram que o desaire (35-33) na ronda anterior com os dinamarqueses do Bjerringbro-Silkeborg já estava ultrapassado e arrancaram para uma exibição de qualidade, assente numa superior solidez defensiva e numa enorme eficácia do ataque, com destaque para os sete golos de Valentin Ghionea.

O conjunto turco até inaugurou o marcador, por Ramazan Done, mas o 1-0 foi mesmo a única vez em que o Sporting esteve em desvantagem durante todo o encontro. A equipa comandada por Hugo Canela impôs de imediato a sua organização e dominou do primeiro ao último minuto.

Com Carlos Ruesga a assumir a direção da equipa 'leonina' e Nikcevic e Edmilson a emprestarem a sua eficácia, os 'leões' mantiveram sempre uma margem de segurança que chegou a ser de quatro golos nos primeiros 30 minutos, antes de o intervalo chegar com 18-15 no marcador.

Se a primeira parte já tinha sido muito positiva, o arranque demolidor do segundo tempo cavou uma diferença irreparável na partida. Os três golos logo após o intervalo abriram um fosso de seis golos que o Besiktas não soube contrariar e que o Sporting geriu de forma exemplar, apoiado nos golos de Ghionea.

A formação de Hugo Canela chegou mesmo a exibir-se a grande nível e a ter uma vantagem de oito tentos. Apesar disso, os 'leões' baixaram um pouco o ritmo na reta final e permitiram uma ligeira recuperação turca, que atenuou o resultado para os 33-27 com que se atingiu o apito final.

Com esta vitória, o Sporting iguala o Tatran Presov no primeiro lugar do grupo C, com seis pontos em quatro jogos, embora os eslovacos tenham menos um jogo. Já o Besiktas mantém-se no terceiro lugar, com quatro pontos. Na próxima jornada, no dia 13, o Sporting desloca-se, precisamente, ao reduto do Tatran.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG