Sporting congratula-se por ver Parlamento discutir Campeonato de Portugal

Rahim Ahamad, membro do Conselho Directivo dos leões, reagiu à discussão da petição referente aos 17 Campeonatos de Portugal realizados entre 1922 e 1938 na Assembleia da República através dos meios de comunicação oficiais do clube

O Sporting congratulou-se esta sexta-feira "por o plenário da Assembleia da República ter discutido" as 17 edições do Campeonato de Portugal realizadas entre 1922 e 1938, na sequência de uma petição, com o cunho dos leões, que pretende ver reconhecidos como títulos nacionais os triunfos dos leões nas edições de 1922/23, 1933/34, 1935/36 e 1937/38.

"Nas intervenções foi percetível a vontade das forças partidárias em que exista um esclarecimento e uma reposição céleres da verdade histórica. Este mesmo esclarecimento cabe à Federação Portuguesa de Futebol, desejando o Sporting tão somente que a entidade que superintende a modalidade em Portugal siga as boas práticas internacionais, como foram os casos de Itália e Alemanha", afirmou Rahim Ahamad, membro do Conselho Diretivo, em declarações aos meios de comunicação oficiais do clube.

Para o dirigente leonino, "este é um tema que vai manter-se no topo da agenda deste Conselho Directivo pois estão em jogo a memória e a história de muitas famílias de campeões, sendo bom recordar que o capitão do Sporting no título de 1923 foi o nosso fundador Francisco Stromp".

Esta sexta-feira, na Assembleia da República, os vários intervenientes no debate reconheceram que apesar da matéria da petição apresentada não ser da competência da Assembleia da República é a este órgão que cabe o papel de acompanhar, através da respetiva comissão, o trabalho desenvolvido pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) sobre o tema.

Exclusivos