The Best. Messi eleito o melhor jogador do mundo, Ronaldo no onze do ano

Cerimónia de entrega de prémios da FIFA realizou-se esta segunda-feira em Milão, Itália. Argentino vence pela primeira vez o The Best mas é eleito melhor jogador do mundo pela sexta vez

Lionel Messi sagrou-se esta segunda-feira melhor jogador do mundo pela sexta vez, batendo a concorrência de Cristiano Ronaldo e Virgil van Dijk, os outros finalistas do prémio The Best.

O internacional português, que não compareceu à cerimónia, teve de se contentar com um lugar no melhor onze do ano, ao lado de Alisson (Liverpool), De Ligt (Ajax), Van Dijk (Liverpool), Sergio Ramos (Real Madrid), Marcelo (Real Madrid), De Jong (Ajax), Modric (Real Madrid), Hazard (Chelsea), Messi (Barcelona) e Mbappé (PSG).

No setor feminino, Megan Rapinoe (EUA/Reign FC) venceu o prémio de melhor jogadora do ano.

Relativamente a outros prémios, a selecionadora dos Estados Unidos, Jill Ellis, recebeu das mãos de José Mourinho o prémio de melhor treinador de futebol feminino. Jürgen Klopp (Liverpool) venceu o galardão masculino.

Alisson Becker (Brasil/Liverpool) e Sari van Veenendaal (Holanda/Arsenal/Atlético Madrid) foram os melhores guarda-redes, o pontapé de bicicleta de Dániel Zsóri (Debrecen FC) ganhou o Prémio Puskas, Marcelo Bielsa e o Leeds arrecadaram o prémio fair play, e Silvia Grecco, a mãe brasileira que narra os jogos do Palmeiras ao filho cego Nickollas em pleno estádio, venceu o prémio destinada aos adeptos.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG