Shakhtar bate Atalanta, Real Madrid empata com Brugge

No Santiago Bernabéu, em jogo do Grupo A, o escândalo esteve muito perto de acontecer, já que o Clube Brugge chegou ao intervalo a vencer por 2-0.

O Shakhtar Donetsk venceu esta terça-feira a Atalanta por 2-1, enquanto o Real Madrid salvou-se perto do fim de perder em casa com o Club Brugge, em encontros da segunda jornada da Liga dos Campeões em futebol.

Em San Siro, casa emprestada da estreante formação de Bérgamo, o conjunto comando por Luís Castro ganhou com um tento apontado aos 90+5 minutos pelo israelita Manor Salomon, que o treinador português lançou para o encontro aos 69.

Depois de uma assistência do brasileiro Dodo, que tinha entrado instantes antes, aos 90+3 minutos, Salomon selou a reviravolta, iniciada aos 41, com um tento de Júnior Morais, servido pelo também 'canarinho' Alan Patrick.

Os ucranianos, que se haviam estreado no Grupo C com um desaire caseiro por 3-0 face ao Manchester City, somaram, assim, os primeiros pontos, enquanto os transalpinos mantiveram-se em branco, depois do pesado 0-4 sofrido na casa do Dínamo Zagreb.

O conjunto italiano até marcou primeiro, aos 28 minutos, pelo colombiano Duván Zapata, depois de um centro da direita do holandês Hateboer e de uma falha do guarda-redes Pyatov, que, aos 18, tinha parado com classe um penálti do esloveno Ilicic.

No Santiago Bernabéu, em jogo do Grupo A, o escândalo esteve muito perto de acontecer, já que o Clube Brugge chegou ao intervalo a vencer por 2-0, graças a um 'bis' do nigeriano Dennis Bonaventure, aos nove e 39 minutos, em dois contra-ataques.

Na segunda parte, o mesmo jogador, isolado, quase apontou o terceiro golo dos forasteiros, aos 54 minutos, com os 'merengues' a serem salvos pelo guarda-redes francês Areola, que ao intervalo substituiu o belga Courtois.

Aos 55 minutos, o 'capitão' Sergio Ramos deu, pela enésima vez, o exemplo e reduziu, de cabeça, após cruzamento do francês Benzema, para, aos 85, o médio brasileiro Casemiro empatar, também de cabeça, após um livre do alemão Kroos.

Os madrilenos, vencedores de quatro das últimas seis edições da Champions, só evitaram o terceiro desaire seguido na prova e também em casa frente a 10 jogadores, já que, aos 84 minutos, o holandês Vormer foi expulso por acumulação de amarelos.

A segunda jornada da Liga dos Campeões tem hoje mais seis jogos e na quarta-feira os restantes oito, incluindo a deslocação do Benfica, o representante português, ao reduto dos russos do Zenit, para o Grupo G.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG