Seleção: Ronaldo já treinou e Bruno Fernandes dispensado por lesão

O capitão português foi a grande novidade do treino desta terça-feira da seleção nacional, ele que está de volta à equipa das quinas depois de ter feito o último jogo no Mundial do ano passado.

Cristiano Ronaldo integrou esta terça-feira o treino da seleção portuguesa de futebol, que prepara a estreia na fase de qualificação para o Euro2020, numa sessão em que Bruno Fernandes foi o único jogador ausente. A Federação Portuguesa de Futebol informou depois que o jogador foi dispensado.

"O jogador apresentou-se com queixas e, depois de observado e realizados exames (ressonância magnética), a Unidade de Saúde e Performance da FPF concluiu que Bruno Fernandes não está em condições de representar a seleção nacional nos jogos com a Ucrânia e Sérvia", indica o site oficial do organismo.

Na Cidade do Futebol, em Oeiras, o selecionador Fernando Santos já contou com o capitão de Portugal, que estava ausente da equipa desde o Mundial2018, que se realizou na Rússia. O último treino de Cristiano Ronaldo com a seleção nacional aconteceu em 29 de junho, em Kratovo, um dia antes da eliminação perante o Uruguai (derrota por 2-1), nos oitavos de final.

O avançado da Juventus subiu ao relvado na companhia de Fernando Santos e, nos primeiros 15 minutos que foram abertos à comunicação social, integrou sem limitações a sessão de trabalho.

Bruno Fernandes foi o único dos 25 jogadores convocados que não marcou presença, tendo ficado no ginásio a fazer tratamento e foi posteriormente dispensado.

Destaque ainda para o estreante João Félix, avançado que se destacou esta época no Benfica e que cumpriu o primeiro treino de sempre com a seleção principal.

Portugal começa a defender o título europeu conquistado em 2016, em França, frente à seleção da Ucrânia, na sexta-feira, no Estádio da Luz, em Lisboa, recebendo três dias depois, em 25 de março, a Sérvia, no mesmo recinto, estando o início de ambos os jogos agendado para as 19:45.

A seleção nacional vai disputar o Grupo B de apuramento, que inclui ainda a Lituânia e o Luxemburgo.

Pela primeira vez, a fase final do Campeonato da Europa vai decorrer em 12 cidades de 12 países diferentes, com Londres a receber os jogos das meias-finais e da final

Exclusivos