Rui Patrício: "Estou entusiasmado para jogar na melhor liga do mundo"

Guarda-redes da seleção nacional falou nesta terça-feira pela primeira vez na pele de jogador do Wolverhampton.

Rui Patrício falou nesta terça-feira pela primeira vez como jogador do Wolverhampton, em declarações ao canal do clube, confessando que o compatriota e treinador Nuno Espírito Santo "foi fundamental" na sua transferência para o emblema recém-promovido ao primeiro escalão inglês.

"Escolhi o Wolverhampton pelo projeto que tem, mesmo para o futuro, e sem dúvida que é um projeto interessante e estou entusiasmado para começar a treinar e a jogar, ainda mais na liga inglesa, que é a melhor liga do mundo. É um desafio bastante bom", começou por dizer o guarda-redes internacional português.

"O Nuno Espírito Santo foi fundamental para eu vir, porque já o conheço há alguns anos e sem dúvida que foi também um dos motivos fortes para vir, foi uma grande ajuda para ter a oportunidade de jogar aqui", desvendou o guardião de 30, natural de Marrazes.

No plantel do Wolves, Patrício terá a companhia de vários compatriotas, o que poderá ajudar na adaptação a Inglaterra. "Lógico que vai acabar por ser mais fácil porque vão dizendo como as coisas funcionam, vai ser uma grande ajuda, mas o principal é eu adaptar-me ao novo clube, isso é o mais importante, eu é que sou novo aqui, vou adaptar-me com a ajuda dos outros portugueses mas não só", vincou.

Embora a equipa regresse nesta época à Premier League, o ex-guardião do Sporting quer ocupar os lugares cimeiros da classificação. "Para já quero vitórias, é para isso que trabalhamos, só com vitórias é que nos sentimos bem, temos de tentar estar no melhor lugar possível, que é lá em cima, que é isso que todos ambicionamos. Toda a estrutura tem de querer estar lá em cima, treinadores e jogadores", vaticinou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG