Ronaldo marca, mas a Juventus sai derrotada de Nápoles

Apesar da derrota, a Juve continua em primeiro lugar, agora com três pontos de vantagem sobre o Inter Milão. CR7 chegou aos 17 golos em 18 jogos na Série A.

A Juventus sofreu este domingo a segunda derrota na Série A italiana. O regresso a Nápoles acabou por ser aziago para Maurizio Sarri, agora no comando da Juve, pois saiu derrotado do Estádio San Paolo por 2-1, num desaire que só não foi mais claro porque Cristiano Ronaldo picou o ponto em cima do minuto 90.

Os napolitanos, que atravessam uma das piores fases dos últimos anos, começaram a construir a vitória já na segunda parte quando o polaco Zielinski abriu o marcador aos 63 minutos. A vecchia signora foi depois à procura de chegar ao empate, mas Lorenzo Insigne, a passe de Callejón, sentenciou a partida já perto do final.

O melhor que a Juve conseguiu foi reduzir por Cristiano Ronaldo, a passe de Rodrigo Bentancur. A estrela portuguesa mantém assim a sua fase goleadora com que iniciou o ano de 2020, pois marcou nos cinco jogos que participou, contabilizando já 17 golos marcados em 18 jogos na Série A.

Apesar da derrota, a Juventus conseguiu conservar a liderança porque o Inter Milão não foi além do empate em casa diante do Cagliari. Os nerazzurri somaram o terceiro empate consecutivo e até estiveram em vantagem graças a um golo de Lautaro Martínez (29'), mas na segunda parte o belga Radja Nainggolan fez o empate (78') com um remate de fora da área. O final da partida foi bem quentinho, com Berni e Lautaro Martínez a receberem ordem de expulsão já após o apito final.

O Inter está agora a três pontos da Juventus, mantendo-se bem acesa a luta pelo título italiano.

Em terceiro lugar está a Lazio que, no Estádio Olímpico, empatou 1-1 com a AS Roma, de Paulo Fonseca, que jogou o dérbi na condição de visitado.

Edin Dzeko, a passe do ex-benfiquista Cristante, colocou os romanos em vantagem aos 26 minutos. A Lazio chegou ao empate por Francesco Acerbi, pouco depois, numa jogada caricata que envolveu o guarda-redes espanhol Paul López. A Roma continua no quarto lugar, mantendo os os sete pontos de atraso para o eterno rival.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG