Revista inglesa atribui ao Sporting prémio de "clube do ano em crise"

A Four Four Two justifica a decisão com o "aterrorizante" ataque à Academia dos leões, mas também com os quatro treinadores que teve este ano e a derrota na final da Taça de Portugal com o Desp. Aves

A revista inglesa Four Four Two atribuiu esta quarta-feira ao Sporting o prémio de "clube do ano em crise", na sua edição de dezembro, que todos os anos distingue quem se destaca no futebol.

"Como o Trump Português não conseguiu tornar o Sporting grande de novo", escreveu a publicação inglesa no título, comparando Bruno de Carvalho, ex-presidente do Sporting, ao líder máximo dos Estados Unidos da América, Donald Trump.

Na mesma página, aparece uma fotografia em que a Juventude Leonina, uma das claques oficiais dos leões, atirar para dentro de campo uma série de tochas para junto da baliza de Rui Patrício durante o dérbi com o Benfica, a 5 de maio, que terminou num empate sem golos.

"Quatro treinadores, uma derrota na final da Taça de Portugal [com o Desp. Aves] e um aterrorizante ataque à Academia que levou a vários jogadores a rescindirem os seus contratos - não foi exatamente um ano estelar para o Sporting", descreve a Four Four Two, a explicar o motivo da entrega do prémio.

A revista elegeu alguns protagonistas do ano, entre os quais o selecionador nacional de Inglaterra, Gareth Southgate, como o melhor treinador, e o avançado francês Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain, como a super estrela.

Por seu lado, o galês Gareth Bale, do Real Madrid, recebeu o prémio para o melhor golo do ano, com o pontapé de bicicleta marcado na final da Liga dos Campeões frente ao Liverpool (3-1).

A Four Four Two premiou ainda o holandês Virgil van Dijk, como a melhor contratação (do Southampton para o Liverpool por cerca de 84 milhões de euros), o espanhol David Silva (Manchester City), como o homem do ano, os adeptos colombianos e a Croácia como a equipa revelação.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG