Pedro Martins vence duelo com Villas-Boas e Bayern trucida Atlético

No grupo do FC Porto, um golo do ex-bracarense Ahmed Hassan permitiu ao Olympiacos vencer o Marselha. Em Munique, os campeões europeus não deram hipóteses a João Félix e companhia.

Pedro Martins venceu o duelo entre treinadores portugueses na primeira jornada da Liga dos Campeões. Em jogo a contar para o grupo C, o mesmo do FC Porto, o Olympiacos recebeu e venceu o Marselha, de André Villas-Boas, por 1-0, valendo o golo do ex-bracarense Ahmed Hassan aos 90+1 minutos.

Na equipa grega, orientada por Pedro Martins, Rúben Semedo foi titular, enquanto Rúben Vinagre entrou aos 90 minutos, ainda a tempo de festejar o golo da vitória, que permite ao Olympiacos partilhar a liderança com o Manchester City, que venceu o FC Porto, por 3-1.

Outra nota de destaque da noite é a goleada de 4-0 aplicada pelos campeões europeus Bayern Munique na receção ao Atlético de Madrid. Os bávaros construíram o resultado com dois golos Kingsley Coman, um de Goretzka e outro de Tolisso, perante uma equipa colchonera que contou com João Félix, que viu um golo seu anulado no início do segundo tempo.

No outro jogo deste grupo A, RB Salzburgo e Lokomotiv Moscovo empataram 2-2.

Já depois de ter sido conhecida a grande surpresa do grupo B e desta ronda, com a derrota do Real Madrid em casa perante o Shakhtar de Luís Castro, realizou-se um emocionante Inter Milão-Borussia Mönchegladbach, que terminou empatado 2-2.

Após um 0-0 ao intervalo, os italianos começaram melhor a segunda parte com Romelu Lukaku a abrir o marcador. Responderam os alemães com um penálti marcado por Ramy Bensabaini, mas nos últimos minutos voltaram as emoções. O Borussia deu mesmo a volta ao marcador com um golo de Jonas Hofmann (84'), mas em cima do minuto 90 apareceu de novo Lukaku a salvar um pontinho para o Inter.

Finalmente, no grupo D, o Liverpool arrancou um precioso triunfo em Amesterdão diante do Ajax, por 1-0, beneficiando de um autogolo do defesa argentino Tagliafico.

Melhor esteve a Atalanta, uma das equipas surpresa da época passada na Champions, que arrancou uma goleada na Dinamarca, por 4-0, diante do Midtjylland, com golos de Durván Zapata, Papu Gómez, Luis Muriel e Miranchuk.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG