Paolo Guerrero tem de cumprir oito meses de suspensão por doping

O avançado peruano tinha visto o Tribunal Arbitral do Desporto suspender a pena para poder jogar no Mundial, mas agora essa suspensão foi anulada

Paolo Guerrero vai ter de cumprir oito meses de suspensão na sua carreira de futebolista devido a uma análise anti-doping positiva por ter acusado um composto de cocaína.

A decisão foi tomada pela Justiça Comum da Suíça, depois de a FIFA ter suspendido, em dezembro, a pena de 14 meses decretada pelo Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), que posteriormente foi reduzida para seis meses.

Em maio, o Supremo Tribunal da Suíça aceitou um recurso suspensivo do jogador para que este pudesse jogar no Mundial 2018, o que veio a acontecer, mas a suspensão da pena é agora revogada pelo tribunal de última instancia.

O jogador de 34 anos que tem contrato válido com o Internacional de Porto Alegre por três temporadas, terá agora de cumprir oito meses de castigo, só podendo voltar a competir em abril de 2019.

Exclusivos

Premium

Espanha

Bolas de aço, berlindes, fisgas e ácido. Jovens lançaram o caos na Catalunha

Eram jovens, alguns quase adultos, outros mais adolescentes, deixaram a Catalunha em estado de sítio. Segundo a polícia, atuaram organizadamente e estavam bem treinados. José Manuel Anes, especialista português em segurança e criminalidade, acredita que pertenciam aos grupos anarquistas que têm como causa "a destruição e o caos" e não a luta independentista.