Oficial: Benfica contrata internacional venezuelano Cádiz

Jhonder Cádiz, que na época passada vestiu as cores do Vitória de Setúbal, foi esta sexta-feira anunciado na BTV como reforço dos encarnados até 2024.

O Benfica anunciou esta sexta-feira a contratação de Jhonder Cádiz, avançado de 23 anos que na época passada vestiu as cores do Vitória de Setúbal por empréstimo do Monagas, da Venezuela. O jogador assinou contrato com as águias até 2024.

Internacional venezuelano por duas vezes, ambas este ano, foi pré-convocado para a Copa América, mas acabou por ficar de fora da lista final.

"Em termos individuais, desejo ter uma época semelhante à que tive no V. Setúbal, e marcar ainda mais golos; em termos coletivos, continuar com vitórias e conquistas, que é o que os adeptos mais querem. Podem esperar um Cádiz que vai dar tudo no relvado, que vai tentar fazer o máximo de golos possível. Acredito que vamos conquistar títulos na próxima época", vaticinou.

Cádiz já representou quatro emblemas em Portugal - U. Madeira, Nacional, Moreirense e V. Setúbal - e espera que essa experiência o ajude na adaptação aos encarnados. "O Benfica joga de forma diferente de qualquer outra equipa em Portugal, mas espero que a experiência que tenho da liga portuguesa me ajude a adaptar mais rápido à dinâmica do Clube", desejou.

"É sempre difícil jogar no Estádio da Luz, mas é uma partida em que todos os jogadores querem estar presentes. Não é todos os fins de semana que jogas com 60 mil pessoas. É uma sensação diferente, mas é complicado para o adversário. São 11 mais as 50/60 mil pessoas a empurrar o Benfica para a vitória", recordou, esperando agora ter mais oportunidades na seleção venezuelana: "Acredito que sim. Estando no Benfica ganho mais visibilidade e isso ajuda-me na seleção. Essa visibilidade que o Clube me dá pode ajudar na hora de o selecionador elaborar a lista de convocados."

O jogador de 1,91 m chegou a Portugal em 2015-16, para representar o União da Madeira. Seguiram-se passagens por Nacional, Moreirense e Vitória, com um regresso ao país natal pelo meio para jogar no Monagas. Na temporada transata, no Bonfim, teve a melhor época da carreira: 10 golos em 35 jogos.

Em abril, o treinador benfiquista Bruno Lage chegou mesmo a referir-se ao atacante numa conferência de imprensa. "É um bom jogador, já disse isso quando jogámos contra o V. Setúbal. É muito forte a atacar a profundidade e muito intenso a defender", disse, quando questionado sobre o futebolista sul-americano.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG