O Messi japonês que encanta os melhores da Europa

Takefusa Kubo tem 18 anos e está livre depois de sair do Barcelona por via de uma sanção FIFA aos catalães

O Real Madrid é o mais recente interessado em Takefusa Kubo, um jovem japonês de 18 anos e muito talento. Tanto que lhe chama o Messi japonês por ter uma história parecida à do astro argentino. Também fez parte da formação em Barcelona, clube que foi obrigado a deixá-lo sair depois de sofrer um castigo da FIFA por causa de transferências de menores à margem das leis.

Agora joga no Tokyo FC (esteve emprestado ao Yokohama Marinos) e brilha ao ponto de ser falado para o Barcelona, Real Madrid, PSG e Manchester City. A Europa parece ser o destino do jovem Kubo, que se uniu a um empresário japonês com ligações ao mercado europeu para facilitar as negociações. E a cobiça promete aumenta ainda mais, agora, que foi chamado pela seleção principal do Japão e vai jogar a Copa América.

Começou a jogar aos 7 anos no FC Persimmon, clube amador de sua cidade natal onde permaneceu até 2009. Em 2010 foi para o Kawasaki Frontale e em agosto de 2011, foi convidado para conhecer La Masia, o centro de formação de jogadores do Barcelona, mas Kubo não foi considerado elegível para atuar pelo clube, que foi acusado de violar as regras de transferências envolvendo atletas com menos de 18 anos. Por isso em março de 2015, o médio ofensivo voltou ao Japão para jogar no FC Tokyo, tendo-se estreado pela equipa principal com apenas 15 anos, num jogo particular.

Figura assídua nas convocatórias jovens da seleção, foi eleito o melhor jogador jovem do Mundial Sub-20 em 2017.

Exclusivos

Premium

Flamengo-Grémio

Jesus transporta sonho da Champions para a Libertadores

O treinador português sempre disse que tinha o sonho de um dia conquistar a Liga dos Campeões. Tem agora a oportunidade de fazer história levando o Flamengo à final da Taça Libertadores para se poder coroar campeão da América do Sul. O Rio de Janeiro está em ebulição e uma vitória sobre o Grémio irá colocar o Mister no patamar de herói.