Mourinho: "Procuro um clube onde haja total empatia, envolvimento e pessoas felizes"

Treinador português, que passou pelo Inter de Milão entre 2008 e 2010, concedeu uma entrevista ao jornal italiano Gazzetta dello Sport

Despedido do Manchester United no final do ano passado, José Mourinho ainda não encontrou clube mas já definiu o perfil da próximo emblema onde vai trabalhar. "Estou à procura de um clube onde haja total empatia, envolvimento e pessoas felizes a trabalhar, como havia em Milão", afirmou o treinador português, 56 anos, quando questionado sobre se desejava voltar ao Inter de Milão nos próximos tempos.

O técnico recordou que passaram "não 18 anos mas apenas 18 meses" desde o seu último título em Manchester, e que continua... especial. "Sou o mesmo de sempre, a minha zona de conforto é ganhar todos os anos desde 2003", frisou.

Mourinho confia num aumento da competitividade no futebol italiano, onde a Juventus tem reinado, e não arrisca um prognóstico relativamente ao vencedor da Liga dos Campeões: "Ainda estamos nos oitavos de final, é cedo demais para falar de favoritos, mas nos quartos de final será diferente, quando cada equipa tiver 12,5 por cento de possibilidades. Duas grandes equipas serão eliminadas em breve: um entre Juventus e Atlético de Madrid, outro entre Bayern Munique e Liverpool."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG