Mónaco oferece 30 milhões por Danilo. FC Porto recusa: é "intransferível"

Médio portista que a semana passada se desentendeu com o treinador Sérgio Conceição é pretendido por Leonardo Jardim. FC Porto confirmou proposta, mas anunciou que foi recusada.

O Mónaco, clube francês treinado por Leonardo Jardim, fez chegar esta segunda-feira ao Dragão uma proposta de 30 milhões de euros pelo capitão Danilo. A notícia foi avançada pelo jornal francês L'Équipe, que garantia que o clube monegasco está fortemente interessado no médio portista e pode inclusivamente subir os valores da proposta.

Esta terça-feira, através do site oficial do clube, os dragões fizeram uma esclarecimento. Confirmaram a proposta do emblema francês, mas anunciaram que foi rejeitada. "O FC Porto recebeu ontem uma proposta do AS Mónaco para a transferência do nosso jogador e capitão Danilo. Ontem mesmo, o FC Porto respondeu que o jogador Danilo é esta temporada intransferível, pelo que desta forma se encerra qualquer tipo de especulação em torno deste tema", ecsreveram os dragões.

Este forte interesse do Mónaco em Danilo, de 27 anos, surge curiosamente numa altura de alguma tensão entre o jogador e o treinador Sérgio Conceição, que tiveram uma forte discussão durante o estágio que a equipa realizou no Algarve na semana passada. Danilo, inclusivamente, chegou a ponderar a possibilidade de deixar de ser capitão da equipa, mas perante as pressões que sofreu, em especial do presidente Pinto da Costa, e também por respeito aos colegas, decidiu manter a braçadeira.

Danilo tem contrato com o FC Porto até 2022 e uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros. E pela forma como o FC Porto reagiu, Danilo só deixará o Dragão se algum clube bater o valor da cláusula.

Exclusivos