Marcel Keizer: "Lesão de Wendel é oportunidade para outros"

O treinador do Sporting falou da longa ausência do brasileiro e garantiu não ter segredos para o facto de o Sporting ter marcado 17 golos nos quatros jogos que orientou

Marcel Keizer assumiu esta quarta-feira, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Vorskla Poltava, para a fase de grupos da Liga Europa, que a lesão de Wendel, que estará de fora "entre seis a oito semanas", será "uma oportunidade para outros jogadores" do plantel do Sporting.

O treinador leonino admitiu que é "uma enorme desilusão" para o médio brasileiro, mas ainda assim não faz contas à reabertura do mercado de janeiro para colmatar mais esta baixa, que se junta à de Battaglia. "Para já olhamos para os jogadores que cá estão. Temos de ver, não posso dizer nada sobre o mercado de transferências", disse o holandês.

Sobre a partida com o Vorskla Poltava, Keizar assumiu que, tendo em conta que o apuramento já está garantido, o objetivo é "jogar bom futebol". "Quando estamos no Sporting todos os jogos são importantes. Estamos qualificados, mas queremos provar que podemos jogar bom futebol. Queremos ganhar este jogo", assegurou.

Questionado sobre o facto de o Sporting ter 17 golos marcados nos quatro jogos que Keizer leva à frente da equipa, lembrou que "é muito difícil marcar muitos golos". "Ainda precisamos de fazer ajustamentos, tal como foi visto na primeira parte do último jogo, com o Desp. Aves. Mas não tenho segredos para jogar bem", disse, não revelando se está a preparar muitas alterações onze que irá defrontar os ucranianos esta quinta-feira (20.00 horas) em Alvalade. "Todos os jogadores querem jogar neste estádio, jogar bom futebol e amanhã todos vão dar o máximo", limitou-se a dizer.

Exclusivos