Keizer deixa o Sporting. Varandas diz que "é um ciclo que se fecha"

SAD leonina já informou o mercado que existiu uma manifestação de interesse para a cessação do contrato e o presidente confirmou a saída. Leonel Pontes, treinador da equipa de sub-23 dos leões, deve assumir o cargo de forma interina.

O holandês Marcel Keizer vai deixar o cargo de treinador do Sporting. O técnico holandês reuniu-se nesta terça-feira com a administração da SAD leonina para a rescisão de contrato e a oficialização da saída definitiva é uma questão de horas, estando apenas presa por pequenos detalhes. Os leões, entretanto, informaram a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) de que, "na presente data, existiu uma manifestação de interesse para cessação do contrato de trabalho do treinador Marcel Keizer". Ou seja, o que está ainda em causa é a negociação da rescisão contratual, dado que o holandês tinha ainda esta e mais uma época de vínculo ao Sporting. Uma curiosidade: no primeiro comunicado enviado à CMVM, Keizer estava escrito com... s. Posteriormente foi retificado e enviado um nome com o nome do técnico já escrito corretamente.

Já nesta terça-feira à tarde, à margem da cimeira de presidentes inserida no programa da ação "Thinking Football" que decorre em Oeiras, o presidente Frederico Varandas confirmou a saída do técnico. "Entendemos que hoje se fecha um ciclo, Keizer entrou no Sporting em novembro de 2018, lembramo-nos de como estava o clube naquele momento, que quase nenhum treinador queria vir para o Sporting no momento em que o clube se encontrava. Teve a coragem de o fazer. Cumpriu a missão com distinção, venceu dois títulos, o Sporting está agradecido. Foi sempre um grande senhor e até na saída o foi", referiu o líder leonino, remetendo mais declarações para esta quarta-feira.

Leia aqui o comunicado do Sporting à CMVM.

Ao que o DN apurou, a decisão já estava tomada pela SAD liderada por Frederico Varandas desde sábado, depois da derrota caseira com o Rio Ave (2-3), mas foi decidido esperar pelo final do mercado de transferências para avançar com este processo. Para a saída ser definitivamente oficializada é preciso que as duas partes cheguem a um entendimento quanto à rescisão, algo que poderá acontecer ainda durante o dia desta terça-feira.

O nome apontado para assumir a equipa de forma imediata é Leonel Pontes, atual técnico da equipa leonina de sub-23. A decisão será anunciada nas próximas horas, não sendo de excluir que seja uma orientação para manter até final da época. Leonel Pontes curiosamente já havia sido interino dos leões durante uma semana em novembro de 2009, na transição de Paulo Bento para Carlos Carvalhal.

Há, no entanto, outros nomes em cima da mesa para a sucessão de Keizer que não são consensuais na estrutura, entre eles está o brasileiro Luiz Felipe Scolari, que foi despedido esta quinta-feira do Palmeiras depois de ter perdido com o Flamengo de Jorge Jesus. Outro nome é Vítor Pereira. Contudo, esta é, nesta altura, uma hipótese remota.

Marcel Keizer entrou em novembro de 2018 para substituir José Peseiro e durou dez meses à frente da equipa principal do Sporting, período durante o qual conquistou uma Taça da Liga e uma Taça de Portugal - no total orientou a equipa em 42 jogos, somando 25 vitórias, oito empates e oito derrotas. Esta época foi goleado pelo Benfica (5-0) na Supertaça e reclamava por reforços que acabaram por chegar no último dia de mercado, com as contratações por empréstimo de Jesé Rodríguez, Yannick Bolasie e Fernando Pedro.

Um dia depois de chegarem os novos jogadores, Keizer está de saída... cumprindo-se assim uma decisão já tomada por parte da SAD, que estava insatisfeita com a forma como a equipa jogava. Na estrutura leonina já há algum tempo que o treinador não era consensual, mas só agora Frederico Varandas tomou a decisão.

A equipa do Sporting ocupa atualmente o quinto lugar da I Liga, com sete pontos, menos três do que o líder Famalicão,

Recorde aqui as palavras do presidente Frederico Varandas no dia (12 de novembro de 2018) em que Marcel Keizer foi anunciado oficialmente em conferência de imprensa como novo treinador do Sporting, sucedendo na altura a José Peseiro, técnico que tinha sido indicado pela Comissão de Gestão que pegou no clube após a saída de Bruno de Carvalho.

"O que tem guiado esta direção é defender os interesses do Sporting. Desde de dia 8 de setembro que decide o que entende ser melhor para o Sporting e não em função daquilo que é popular, ou confortável, ou pudesse proteger-nos. A escolha deste treinador assenta nesses princípios, quisemos um treinador com competência técnica e tática, capacidade de liderança, de gestão do grupo e de comunicação e entendemos que Marcel Keizer é o homem com perfil para este projeto. É um treinador sem medo de apostar em jovens, que pratica um futebol atrativo e dominador. Em relação ais restantes elementos da equipa técnica, nos próximos dias ficará fechada", disse então o líder leonino.

Recorde aqui as palavras de Marcel Keizer no dia em que foi apresentado em Alvalade como treinador dos leões.

"As minhas equipas jogam com energia. Gosto desta equipa [do Sporting], gosto de jogadores que jogam com amor pelo clube. E vou tentar acrescentar algo. Sou um treinador que gosta de atacar mas também ter consistência defensiva. Quando jogamos num clube de topo quer-se ganhar títulos. Por agora queremos tornar a equipa forte. Estou satisfeito por terem ganho os últimos jogos e vamos tentar que a equipa fica melhor", referiu na altura.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG