Mahomes assina o maior contrato do desporto: 446 milhões de euros por dez anos

Patrick Mahomes renovou com os Chiefs até 2031. Superatleta que liderou equipa do Kansas na conquista da Super Bowl ao fim de 50 anos vai receber 124 mil euros por dia de trabalho.

O maior contrato da história do desporto. Patrick Mahomes, que liderou os Chiefs à primeira conquista, em 50 anos, do Super Bowl em fevereiro, renovou com a equipa do Kansas por 10 temporadas e com um valor total de 503 milhões de dólares (446 milhões de euros). Repartido dá 3,7 milhões por mês e quase 124 mil euros por dia!

O jogador ainda tem dois anos do antigo contrato para cumprir e por isso em 2020 só vai receber cerca de 10 milhões de euros, dando um salto para os 26 milhões em 2021. O valor do contrato sobe de ano para ano, até chegar aos 46 milhões por época em 2031, ano em que termina a ligação aos Chiefs.

O vínculo é histórico, pelo valor e pela duração. Desde 2003 que jogador algum da NFL assinava por mais de cinco épocas e só cinco atletas em toda a história assinaram por dez anos ou mais, sendo que os 446 milhões de euros o colocam no topo salarial a nível mundial.

Mahomes ultrapassa assim os 378 milhões de euros por 12 temporadas de Mike Trout, estrela de beisebol dos Los Angeles Angels. O valor supera o também astronómico acordo de LeBron com os Lakers em 2018. O jogador da NBA assinou um contrato válido por quatro épocas no valor de 153,3 milhões de dólares (cerca de 132 milhões de euros). Cristiano Ronaldo, por exemplo, recebe 120 milhões de euros por quatro anos (30 milhões/época).

O contrato por objetivos de Mahomes, que contempla um prémio de assinatura de 23 milhões de euros, está a ser notícia em todo o mundo, também pelas várias cláusulas, algumas delas invulgares. Uma delas diz que o quarterback pode sair livremente dos Chiefs se o clube não cumprir com alguma das cláusulas, pode sair sem ter indemnizar. E ainda há uma cláusula que o impede de ser trocado (negociado) com outra equipa. E se sofrer uma lesão grave e tiver de terminar a carreira tem pelo menos 140 milhões de euros garantidos.

Mas quem é Patrick Mahomes?

Patrick nasceu na cidade de Tyler, no Texas, em 1995. Herdou a capacidade atlética e talento para o desportos do pai, um antigo lançador de beisebol. Foi nessa modalidade que chamou a atenção ainda no colégio, quando protagonizou uma jogada rara (conseguiu um no-hitter, eliminando 16 batedores por strikeout). Com braço forte e potente, impressionou os olheiros e chegou a ser escolhido no draft da MLB em 2014 pelo Detroit Tigers. Mas Mahomes também era bom no basquetebol e no futebol americano... que viria a ganhar a luta.

Optou por seguir a carreira no futebol americano, na universidade de Texas Tech onde jogou baisebol e futebol americano. Só em 2016 escolheu a bola oval depois de chamar a atenção das principais franquias. O jogador quebrou recorde de mais jardas num único jogo (734) e mais jardas no ataque em um único jogo (819), sendo depois convencido a entra no draft de 2017.

Mahomes impressionou na NFL Combine, fase de testes de desempenho, e chamou a atenção de 28 equipas. Quem levou a melhor foi o Kansas City Chiefs, que selecionou o quarterback na primeira ronda e lhe ofereceu 16 milhões de euros por quatro anos de contrato e um prémio de assinatura de 10 milhões.

Foi ele que liderou os Chiefs à conquista histórica da NFL ao fim de 50 anos. Além de vencer o Super Bowl foi eleito o MVP, sendo o jogador mais jovem a consegui-lo desde Dan Marino em 1984. Com 25 anos e apenas quatro na liga de futebol americano, três como titular, em 2018 bateu o recorde de mais touchdowns nas três rondas iniciais da liga, com 13, além de se ter tornado o quarterback mais jovem a lançar seis touchdowns no mesmo jogo. No mesmo ano, num jogo frente aos Patriots, anotou 50 passes para touchdowns, igualando os míticos Peyton Manning e Tom Brady.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG