Luz não era interdita desde 2003. Lembra-se porquê e onde o Benfica teve de jogar?

Comportamento dos adeptos num jogo com o Vitória de Guimarães, em Felgueiras, levou as águias a receber o Beira-Mar em Torres Vedras a 26 de janeiro de 2003

A confirmar-se a interdição do Estádio da Luz por quatro jogos decidida pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), o Benfica poderá ficar sem jogar no seu estádio por motivos disciplinares pela primeira vez desde janeiro de 2003.

Na altura, a decisão da comissão disciplinar da Liga castigou as águias e o Vitória de Guimarães devido aos incidentes num jogo entre ambas as equipas no Estádio Dr. Machado de Matos, em Felgueiras, onde os vimaranenses atuavam na qualidade de visitados enquanto decorrem as obras de remodelação no D. Afonso Henriques.

Os adeptos encarnados foram acusados de "arremesso e explosão de petardo, com sérias consequências a nível físico-corporal do atleta [Marcinho] e treinador-preparador [Jorge Ramiro], para além do temor em todos os circunstantes", sendo que aos vimaranenses foram apontados "sucessivos arremessos de diversos objetos", que atingiram "atletas, árbitros e mesmo um agente da autoridade fardado", provocando "lesões de não significativas consequências".

Os castigos levaram o Vitória de Guimarães a receber a União de Leiria em Vila do Conde e o Benfica a defrontar o Beira-Mar na condição de visitado em Torres Novas - em detrimento do Jamor, a segunda opção -, na noite de 26 de janeiro de 2003. Num jogo complicado para as águias, Geovanni marcou o único golo da partida aos 54 minutos, após cruzamento de Carlitos, na estreia do extremo brasileiro a marcar pelo clube da Luz.

Pela equipa então orientada por José Antonio Camacho alinharam Moreira; Miguel, Argel, Hélder e Cristiano; Andersson e Tiago; Geovanni (Drulovic, 75'), Zahovic (Carlitos, 46') e Simão (João Manuel Pinto, 90'); Nuno Gomes.

Essa não foi, de resto, a primeira vez que o Benfica jogou em Torres Novas na condição de visitado. E nem tão pouco a primeira vez que o Benfica recebeu o Beira-Mar em Torres Novas. Também a 21 de agosto de 1994, na primeira jornada do campeonato de 1994/95, as águias receberam os aveirenses na cidade alentejana devido à interdição da Luz, na sequência da festa da conquista do título na época anterior. Também dessa vez os encarnados venceram, mas por 2-0, com golos de Vítor Pereira (58') e Clóvis (90').

A título de curiosidade, a última vez que o Benfica jogou fora da Luz na condição de visitado foi a 25 de janeiro de 2014, no Estádio de Restelo, num jogo frente ao Gil Vicente para a Taça da Liga, mas dessa vez não por interdição mas sim pelo mau estado do relvado da Luz devido às tempestades que ocorreram nesse mês. O extremo sérvio marcou o único golo, aos 56 minutos, de um encontro em que os suplentes utilizados do Benfica foram Hélder Costa, Bernardo Silva e João Cancelo.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG