Liga inglesa ainda sem luz verde para regressar

Secretário de estado britânico diz que seria bom o regresso do futebol, mas tal só acontecerá em segurança.

A Premier League "não tem ainda luz verde para regressar", disse esta sexta-feira o secretário de estado britânico para a Cultura e Desporto, Oliver Dowden, em declarações à rádio BBC.

Na segunda-feira, está prevista uma reunião dos clubes, um dia após o primeiro-ministro Boris Johnson anunciar algumas medidas de alteração em relação ao confinamento no Reino Unido, e o governo também já disse desejar que o campeonato recomece, mas apenas em segurança.

"Se pudermos ter um plano que funcione, adoraria que seguíssemos em frente. Penso que seria bom para toda a nação e para o futebol, como um todo", adiantou o secretário de estado, mas com alertas quanto à prioridade da saúde pública.

Entre os principais campeonatos na Europa, a Alemanha tem o reinício marcado para 16 de maio, num cenário em que Bulgária, Turquia, Croácia e Sérvia também já avançaram com datas para um recomeço, entre finais de maio e início de junho.

A I Liga portuguesa teve uma primeira luz verde para retomar no fim de semana de 30 e 31 de maio, mas ainda sujeita a um consentimento da Direção-Geral da Saúde, enquanto França e Países Baixos deram por concluídos os campeonatos.

Quase todos os campeonatos - com as exceções de Turquemenistão, Bielorrússia e Nicarágua -, suspenderam as suas competições durante o mês de março devido à pandemia do novo coronavírus, que tem provocado uma crise sanitária e económica a nível mundial.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG