Keizer: "Fui expulso pela primeira vez na minha vida"

Treinador holandês do Sporting disse ao árbitro que houve decisões estranhas e diz que é vergonhoso para o futebol português existirem equipas permanentemente a queimar tempo, numa referência ao Marítimo

Marcel Keizer, treinador do Sporting, foi esta segunda-feira expulso no tempo de compensação do jogo entre o Marítimo e o Sporting, uma decisão que o treinador holandês achou estranha, mas sobre a qual não quis entrar em grandes explicações na conferência de imprensa após o jogo.

"Fui expulso pela primeira vez na minha vida. Costuma dizer-se que há sempre uma primeira vez para tudo. Disse ao árbitro que houve decisões algo estranhas, mas quem sou eu para julgar o trabalho do árbitro. Ele optou por me expulsar e mandar-me embora", referiu.

O técnico holandês, tal como o seu adjunto Rodolfo Correia e o capitão Bruno Fernandes, também teceu duras críticas aos jogadores do Marítimo, considerando que fizeram tudo para perder o máximo de tempo de jogo. "Todos nós treinadores temos falado do tempo perdido nos jogos. E a verdade é que muitos jogadores fazem por perder tempo. Os jogos estão constantemente a ser parados. Isto é uma vergonha para o futebol português e para os bons jogadores. Espero sinceramente que algo seja feito no futuro para acabar com isto de uma vez", referiu.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG