Jovane detido por conduzir sem carta. Sporting ameaça punição severa

O avançado não tem carta de condução e será alvo de um processo sumário no Tribunal de Loures, incorrendo numa pena de multa ou inibição de conduzir. Sporting ameaça com processo disciplinar e punição severa.

Jovane Cabral foi detido esta sexta-feira pelas 9.50 por ter sido apanhado a conduzir sem carta por agentes da PSP no âmbito de uma fiscalização de trânsito.

O avançado do Sporting, que de acordo com fonte policial não tem carta de condução, foi depois levado para a esquadra da Póvoa de Santo Adrião, em Odivelas onde se encontra a aguardar a ida para o Tribunal de Loures. Ao que o DN sabe, o atleta foi identificado e notificado dessa ida a tribunal no âmbito de um processo sumário e incorre numa pena de multa ou de prisão até um ano como está previsto na mais recente alteração ao Código de Estrada - Decreto lei n.º 44/2005, de 23/2.

Em comunicado a Sporting SAD frisa que "se se vier a confirmar que o título de condução apresentado pelo atleta é falso, o jogador será alvo de um processo disciplinar e severamente punido, caso seja comprovada a sua culpa nesta situação".

Este problema surge, poucas horas depois de o jogador de 21 anos ter estado na terceira derrota consecutiva do Sporting, em Alvalade com o Rio Ave para a Taça da Liga, que mergulhou ainda mais o clube numa crise profunda.

Entretanto, A SAD leonina informou no seu site oficial "que, se se vier a confirmar que o título de condução apresentado pelo atleta é falso, o jogador será alvo de um processo disciplinar e severamente punido, caso seja comprovada a sua culpa nesta situação".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG