Jorge Jesus conquista a Supertaça do Brasil

Flamengo bateu o At. Paranaense, este domingo (3-0), e ergueu o primeiro troféu da época. Ainda pode ganhar mais dois nos próximos dez dias.

Jorge Jesus continua a responder em campo. Depois de uma semana em que esteve debaixo de fogo e foi acusado de ser arrogante e desrespeitar os adversários, o treinador português conquistou a Supertaça do Brasil. Este domingo, o Flamengo bateu o Ath. Paranaense, por 3-0, e ergueu o primeiro troféu da época. Para "puto reguila da Amadora" é o 17.º troféu da carreira.

O português tinha umas contas a ajustar com o Ath.Paranaense, a equipa que conquistou a Taça do Brasil, depois de eliminar o mengão nos quartos-de-final da prova, no arranque da era de Jesus no Fla. Este domingo a história foi outra e o Flamengo mostrou que realmente está em "outro patamar" como diz o treinador. Os comentadores podem não gosta da confiança exacerbada do técnico portuga, mas ele continua a somar vitória e a deslumbrar a nação flamenguista, que acabou o jogo a gritar "mister", "mister". Os golos foram marcados por Bruno Henrique, Gabigol e Arrascaeta.

Depois de conquistar a Libertadores e o Brasileirão em 2019, o treinador português conquistou assim a supertaça brasileira, um troféu que os brasileiros não valorizam tanto como Jesus gostaria. Esta foi apenas a terceira vez que o troféu se disputou. Só o Grêmio (1990) e o Corinthians (1991) haviam conquistado o troféu, que voltou a ser disputada 29 anos depois. O treinador do mengão entra assim na história do Flamengo, como o treinador que conquistou a primeira Supertaça do clube e junta assim a troféu brasileiro à supertaça portuguesa, que conquistou por duas vezes (uma pelo Benfica e uma pelo Sporting) e à Supertaça da Arábia Saudita pelo Al-Hilal.

Conquistado o primeiro, o técnico português pode ainda ganhar mais dois troféus nos próximos sete dias. O Flamengo joga já na quarta-feira, com o Independiente del Valle no Equador, na 1.ª mão da final da Recopa Sul-Americana (duelo entre o vencedor da Libertadores e da Taça Sul-Americana). Segue-se a final da Taça Guanabara, dia 22 e a segunda mão da Recopa no dia 26.

Aos 65 anos e com cerca de 30 anos de carreira como treinador, Jorge Jesus já conquistou 17 troféus. A passagem pelo Benfica foi aquela que mais recheou o currículo do técnico (10 troféus, incluindo três campeonatos). Nos rubro-negros do Rio de Janeiro conheceu a glória com a conquista da Taça dos Libertadores e o Brasilerão no espaço de 24 horas no ano passado e agora juntou-lhe a Supertaça do Brasil...

Só escapou ao técnico português o Mundial de Clubes e a Taça do Brasil (Ath. Paranaense).

Troféus ganhos por Jorge Jesus

SP. BRAGA (2008-2009)
1 Taça Intertoto (2008)

BENFICA (2009-2015)
3 títulos da I Liga ( 2009-10, 2013-14, 2014-15)
1 Taça de Portugal (2013-14)
5 Taça da Liga (2009-10, 2010-11, 2011-12, 2013-14, 2014-15)
1 Supertaça Cândido de Oliveira (2014)

SPORTING (2015-2018)
1 Taça da Liga (2017-18)
1 Supertaça Cândido de Oliveira (2015)

AL-HILAL (2018-2019)
1 Supertaça da Árabia Saudita (2018)

FLAMENGO (2019)
1 Copa Libertadores (2019)
1 Campeonato Brasileiro (2019)
1 Supertaça do Brasil (2020)

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG