João Almeida "desapontado" com o segundo lugar na 13.ª etapa

Ciclista português reforçou a liderança da Volta a Itália em Bicicleta, com os pais a ver. Sábado há contrarrelógio.

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) foi esta sexta-feira segundo classificado na 13.ª etapa da Volta a Itália em bicicleta (Giro), reforçando a liderança da geral da prova, com o italiano Diego Ulissi (UAE Emirates) a vencer a tirada. Ulissi, de 31 anos, cumpriu os 192 quilómetros entre Cervia e Monselice em 4:22.18 horas, batendo ao sprint e por milímetros o camisola rosa, com o austríaco Patrick Konrad (BORA-hansgrohe) a fechar o pódio da etapa.

Na geral, Almeida, que contou com a presença dos pais na meta, aproveitou os segundos de bonificação para aumentar a vantagem no primeiro lugar, com 40 segundos para o holandês Wilco Kelderman (Sunweb), segundo, e 49 para o espanhol Pello Bilbao (Bahrain-McLaren), terceiro.

"Para dizer a verdade, estou um pouco desapontado, porque nas últimas 13 etapas a minha equipa tem sido incrível e hoje mereciam a vitória, demos o nosso melhor, foi quase. Estou contente por ter ganhado alguns segundos, mas o principal objetivo era ganhar a etapa", confessou o português no final da etapa.

No sábado, o pelotão enfrenta o segundo de três contrarrelógios individuais na 14.ª etapa, entre Conegliano e Valdobbiadene, com 34,1 quilómetros, antes de uma etapa de alta montanha no domingo, em Piancavallo, seguida do segundo dia de descanso. "Conheço mais ou menos a estrada, mas vai ser difícil vou dar meu melhor", prometeu ciclista de A-dos Francos.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG