Ivo Vieira: "É uma tarefa difícil mas não impossível"

O treinador do V. Guimarães assumiu que a sua equipa tem uma tarefa complicada diante do Standard Liège, mas garante que irá entrar em campo para "lutar pela vitória".

Ivo Vieira, treinador do V. Guimarães, admitiu que o jogo de estreia na fase de grupos da Liga Europa, na Bélgica, com o Standard Liège, esta quinta-feira (17.55 horas) será "de um grau de dificuldade bastante elevado", mas deixou claro que "não há jogos ganhos ou perdidos de véspera", razão pela qual diz acreditar na vitória da sua equipa. "Temos consciência de que temos uma tarefa difícil mas não impossível".

O treinador dos vimaranenses considera que o Standard "é uma equipa competitiva, com jogadores atléticos na frente e qualidade técnica no meio-campo". Nesse sentido admite que o Vitória terá pela frente um adversário que apresentará "dificuldades" e que "perante o seu público terá vantagem em termos emocionais". Ainda assim, deixou uma mensagem de confiança: "O V. Guimarães acredita muito no que faz e vamos lutar pela vitória."

Ivo Vieira admite que o grande problema da sua equipa será "o pouco tempo de preparação para os jogos". "Com 72 horas ou menos de recuperação, trabalhamos a intensidade e a ideia para o jogo mais através de informações do que no campo", disse, deixando claro que apesar disso "é muito gratificante competir tantas vezes". "Há menos tempo para preparar os jogos, mas quem quer andar nestas lides tem de adaptar-se", sublinhou.

Preud'Homme fala em jogo de outsiders

Por sua vez, Michel Preud'homme, treinador do Standard de Liège, pretende o "melhor resultado possível" frente ao Vitória de Guimarães, equipa que considerou "completa, capaz de se organizar, mas também de se projetar no ataque, graças a laterais ofensivos".

O antigo guarda-redes do Benfica acrescentou que acrescentou ainda que o Vitória "é uma equipa técnica, mas também física", mas que é com o Standard "outrsiders, que podem causar alguma surpresa" neste grupo onde estão os favoritos Arsenal e Eintracht Frankfurt.

"O V. Guimarães não está ao nível de Benfica, Sporting e FC Porto, mas está logo a seguir e costuma criar muitos problemas a essas equipas no campeonato português, o que mostra bem a qualidade que têm", assumiu o treinador belga, que se mostrou "muito agradecido" pelo reconhecimento e carinho que recebe dos portugueses, decido aos cinco anos que jogou na Luz.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG