Italianos dizem que Ronaldo pode só ficar mais um ano na Juventus

Eliminação da Juve nos quartos-de-final da Champions diante do Ajax deixou o jogador desiludido e CR7 terá exigido reforços de qualidade para a próxima época, sob pena de poder deixar o clube com o qual tem contrato até 2022.

A eliminação da Juventus nos quartos-de-final da Liga dos Campeões diante do Ajax deixou Cristiano Ronaldo extremamente desiludido e, de acordo com o jornal La Reppublica, o avançado português pode só ficar mais um ano no clube de Turim, apesar de ter um contrato válido até 2022.

"É muito complicado que Ronaldo fique até ao final do contrato. A próxima temporada será a sua última em Itália", pode ler-se no La Reppublica. Na quarta-feira, outro jornal, o Corriere della Sera, tinha avançado que o português poderia dizer adeus à Juventus já neste verão.

Ronaldo, ainda segundo o La Reppublica, terá exigido ao clube italiano que faça um investimento em reforços de qualidade na próxima época para tentar conquistar a Liga dos Campeões, podendo a sua continuidade para lá de 2020 estar dependente do que a Juventus fizer na prova milionária.

Ronaldo deixou o Real Madrid e assinou um contrato válido por quatro temporadas com a Juventus, numa transferência avaliada em mais de 100 milhões de euros. O avançado português procurou uma nova aventura e tanto ele como o clube italiano depositavam grandes esperanças na conquista da Champions, que para Ronaldo seria a sexta da sua carreira. Mas a Juve falhou e caiu nos quartos-de-final da prova, num jogo onde o Ajax foi francamente superior aos italianos.

A verdade é que este desastre pode ter custos para o jogador português na corrida pela Bola de Ouro, troféu que premeia o melhor jogador do Mundo, já que neste momento, Lionel Messi, que está prestes a sagrar-se campeão espanhol pelo Barcelona, está nas meias-finais da prova e por isso como possibilidades de atingir a final e quem sabe até vencer a Champions, o que seria um argumento de peso na definição da Bola de Ouro.

Exclusivos