Italianos dizem que Ronaldo vai pedir desculpa no balneário e escapa sem multa

La Gazzetta dello Sport adianta esta terça-feira que a Juventus quer resolver o caso de indisciplina do internacional português, que saiu do estádio antes do final do jogo com o AC Milan após ter sido substituído, sem grande ruído

Depois de Cristiano Ronaldo ter seguido diretamente para o balneário após ter sido substituído no jogo de domingo com o AC Milan (1-0) e de ter saído do estádio ainda antes do final do encontro, a Juventus pretende resolver o caso de indisciplina protegendo o ambiente no balneário e sem gerar ruído mediático.

Segundo La Gazzetta dello Sport , a vecchia signora vai convocar uma reunião informal, onde os dirigentes Pavel Nedved e Fabio Paratici vão tentar convencer o internacional português a perceber que as suas saídas mal-humoradas de campo não ajudam a equipa. Nedved já terá mesmo entrado em contacto no domingo à noite com Jorge Mendes, empresário do futebolista, para falar disso.

Por seu lado, Cristiano Ronaldo não será multado mas terá de se retratar perante os companheiros de equipa, tal como o treinador Maurizio Sarri já tinha afirmado quando questionado sobre a saída do estádio de CR7 antes do apito final: "Se se foi embora terá que resolver o assunto com os companheiros dele", frisou o técnico italiano.

Refira-se que Cristiano Ronaldo está desde a noite desta segunda-feira concentrado nos trabalhos da seleção nacional, que defronta a Lituânia na quinta-feira (19.45) e o Luxemburgo no domingo (14.00), nos dois últimos jogos da fase de qualificação para o Euro 2020.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG