Yaya Touré rescinde contrato três meses depois do regresso ao Olympiacos

"O Olympiacos e Yaya Touré anunciam que decidiram, por mútuo acordo, terminar a cooperação", anunciou a equipa grega, orientada por Pedro Martins e onde jogam Roderick Miranda, José Sá e Daniel Podence

O Olympiacos, treinado pelo português Pedro Martins, rescindiu hoje o contrato com o futebolista costa-marfinense Yaya Touré, apenas três meses após ter regressado aos gregos, anunciou o clube na página oficial na Internet.

"O Olympiacos e Yaya Touré anunciam que decidiram, por mútuo acordo, terminar a cooperação", revelaram os gregos, que contam no plantel com três jogadores portugueses: o guarda-redes José Sá, o defesa Roderick Miranda e o avançado Daniel Podence. O técnico da equipa grega é o também português Pedro Martins.

Yaya Touré realizou apenas cinco jogos esta temporada, na segunda passagem pela formação grega, que representou na época 2005/06, durante a qual venceu o campeonato e a Taça da Grécia.

Pelo Barcelona, o costa-marfinense venceu por duas temporadas consecutivas (2008/09 e 2009/10) a Liga e em 2008/09 a Liga dos Campeões, o Campeonato do Mundo de Clubes, a Supertaça Europeia, a Supertaça espanhola e a Taça do Rei.

Pelo Manchester City venceu a Liga Inglesa em 2011/12, 2013/14 e 2017/18, a Taça em 2010/11, a Taça da Liga em 2013/14 e 2015/16 e a Supertaça em 2012.

O médio, de 35 anos, que também representou o FC Barcelona e o Manchester City, entre outros, foi designado por quatro vezes consecutivas futebolista africano do ano, de 2011 a 2014, tendo ainda conquistado Taça das Nações Africanas (CAN) em 2015, pela seleção da Costa do Marfim.

Exclusivos