Leão regressa às vitórias na I Liga e salta para o segundo lugar

Bruno Gaspar e Miguel Luís deram o triunfo à equipa de Marcel Keizer frente ao Belenenses SAD (2-1), que perde pela primeira vez fora de casa. Sporting ultrapassa o Benfica na tabela

O Sporting garantiu esta quinta-feira a subida ao segundo lugar da I Liga, ultrapassando o Benfica, depois de vencer, em Alvalade, o Belenenses SAD por 2-1.

Sem qualquer derrota em estádios adversários, o Belenenses SAD entrou muito bem em Alvalade e, nos primeiros cinco minutos, foram Fredy e Licá que quase abriram o marcador para os visitantes, errando pouco, em ambas as vezes, a baliza de Renan.

O Sporting não abanou e respondeu um par de minutos depois, quando Acuña, já dentro da área, obrigou Muriel a uma defesa impressionante, a evitar o golo mesmo em cima da linha de baliza. Foi Muriel novamente a estar em destaque por volta dos 20', quando saiu aos pés de Diaby, que o tentava ultrapassar, e intercetou a bola. Na sequência da jogada, Bas Dost cabeceou por cima.

Numa primeira parte muito bem disputada e em que o Belenenses SAD tentou, e bem, dividir o encontro, sem medo de ter a bola e tentar construir através do passe curto, ainda duas bolas ao poste antes do intervalo, uma para cada lado. Aos 31', Fredy apareceu isolado, mas acabou por rematar já apertado por Coates, com a bola a bater em cheio no poste da baliza do Sporting. Quatro minutos depois, foi Nani que quase abriu o marcador em Alvalade, quando um remate que desviou ainda num defesa dos azuis embateu num dos ferros da baliza de Muriel.

Já no segundo tempo, onde o Sporting melhorou e os visitantes acabaram por ter menos fulgor, bastaram 12 minutos para os leões abrirem o marcador. Bruno Gaspar apareceu rapidíssimo dentro da área pelo seu corredor direito e rematou forte, com a bola a desviar num defesa adversário antes de entrar na baliza.

Os visitantes tentaram reagir e fica na memória uma boa jogada dos azuis em que Diogo Viana, completamente solto na direita, entra na área e cruza atrasado, descobrindo Licá, que acabou por rematar fraco e para as mãos de Renan.

Já à entrada para os últimos dez minutos do encontro, o jovem Miguel Luís fez o 2-0 num excelente remate à entrada da área, num lance em que a defesa do Belenenses SAD acabou por ser demasiado permissiva ao dar ao médio leonino espaço suficiente para o remate.

O Belenenses SAD ainda reduziu por aos 89', por intermédio de Fredy, mas o golo acabou por não resultar em últimos minutos mais complicados para o Sporting. Um desentendimento entre Acuña e Diogo Viana, que resultou numa grande confusão de jogadores, ocupou grande parte do tempo de compensação, e nos poucos minutos que restaram os leões mantiveram sempre a bola perto da área do adversário.

Para o Belenenses, esta foi a primeira derrota fora no campeonato e acaba com também com outra boa série da equipa orientada por Silas, que não perdia para a I Liga desde 30 de setembro (em casa com o Sp. Braga, por 2-0). O Sporting regressou às vitórias para a I Liga, depois da derrota em Guimarães, e aproveita o deslize do Benfica, ultrapassando os encarnados na tabela.

O resumo do Sporting-Belenenses SAD

Filme do jogo

Ler mais

Exclusivos

Premium

adoção

Técnicos e juízes receiam ataques pelas suas decisões

É procurador no Tribunal de Cascais há 25 anos. Escolheu sempre a área de família e menores. Hoje ainda se choca com o facto de ser uma das áreas da sociedade em que não se investe muito, quer em meios quer em estratégia. Por isso, defende que ainda há situações em que o Estado deveria intervir, outras que deveriam mudar. Tudo pelo superior interesse da criança.