Vlachodimos enviou carta para jogar pela seleção grega

O guarda-redes do Benfica formalizou o pedido à federação helénica e agora fica à espera da FIFA. Já deverá poder ser convocado em novembro

Odysseas Vlachodimos enviou esta sexta-feira uma carta para a federação grega com uma declaração de vontade de representar a seleção helénica, de acordo com a imprensa daquele país.

O guarda-redes do Benfica nasceu em Estugarda, na Alemanha, mas tem também nacionalidade grega por via dos pais, razão pela qual optou agora por representar a Grécia, depois de ter jogado pelas seleções jovens alemãs.

Nessa declaração, Vlachodimos deixou claro que têm a cidadania grega e que viveu durante mais de dois anos no país, enquanto representou o Panathinaikos. Nesse documento, deixa ainda a certeza de não querer voltar a representar a Alemanha.

Este documento é a formalidade que faltava para ser concluído o processo já iniciado há algum tempo, tendo inclusive a federação grega tido uma resposta da congénere alemã informando que não pretendia convocar o guarda-redes do Benfica.

Ainda segundo a imprensa grega, Vlachodimos fica agora à espera da autorização oficial da FIFA, algo que deverá ser rápido. Nesse sentido, tudo indica que o selecionador nacional da Grécia, o alemão Michael Skibbe, já deverá poder convocar o guarda-redes para os jogos de novembro com a Finlândia (dia 15) e a Estónia (18), a contar para a Liga das Nações.

Ler mais

Exclusivos