Vem aí a Liga das Nações. Sabe como funciona?

Portugal inicia esta segunda-feira a sua participação na nova prova da UEFA, colocado na Liga A entre as equipas que vão concorrer pelo troféu.

O primeiro jogo da seleção nacional é frente à Itália, seleção que não conseguiu carimbar o acesso ao último Campeonato da Europa. O confronto com os transalpinos, agora orientados por Roberto Mancini, está inserido no grupo 3 (que também contempla a Polónia) da Liga A, divisão em que estão incluídas as nações mais cotadas da UEFA. Mas, afinal, que competição é esta?

Final four, subidas e descidas

A fase de grupos vai disputar-se em seis datas entre setembro e novembro deste ano. No caso da Liga A, os quatro primeiros de cada agrupamento vão apurar-se para a final four - composta por meias-finais, jogo de apuramento de terceiro e quarto lugares e final -, que vai realizar-se em junho de 2019 (em país a designar entre os quatro finalistas) e vai decidir o campeão da edição inaugural.

Contudo, se Portugal tem a possibilidade de juntar a conquista da Liga das Nações 2018-19 ao Campeonato da Europa de 2016, também corre o risco de... descer de divisão. Será esse o destino dos últimos classificados de cada grupo, que passarão para o patamar abaixo, numa situação que é transversal às Ligas A, B e C. Por outro lado, também vai haver promoções. Os primeiros de cada grupo das Ligas B, C e D sobem à divisão acima.

Quatro vagas para o Euro 2020

As 55 seleções filiadas na UEFA foram distribuídas pelas quatro ligas em função do ranking continental e vão disputar paralelamente, entre março e novembro de 2019, a fase de qualificação para o Euro 2020. Nesse apuramento, as equipas vão ser divididas em dez grupos, com os dois primeiros de cada agrupamento a garantir um lugar no Campeonato da Europa.

Contudo, como o torneio vai contar com a presença de 24 seleções, há quatro vagas que serão decididas em função do desempenho na Liga das Nações. As quatro melhores de cada Liga, que não tenham sido qualificadas na fase de apuramento, vão disputar um playoff em março de 2020 para definir os últimos apurados para o Europeu. Ou seja, são quatro playoff, com quatro equipas cada, e o vencedor de cada um ganha o direito a disputar o Campeonato da Europa. No entanto, se numa das Ligas não restarem seleções ainda não apuradas suficientes para compor um playoff, serão repescadas as equipas com melhor ranking da liga abaixo.

Isto significa que pelo menos uma das seleções da Liga D, que engloba as 16 menos cotadas do continente, vai estar na fase final. Uma oportunidade única para quem está habituado a assistir aos grandes torneios através da televisão. Das 16, apenas a Letónia esteve num Europeu, o de 2004, que se realizou em Portugal.

Este é um dos aliciantes da edição inaugural de uma prova que vai ter a particularidade de colocar frente a frente nações que outrora foram só uma. Casos de Eslováquia e República Checa, no grupo 1 da Liga B, e de Sérvia e Montenegro, no grupo 4 da Liga C.

De Bolonha a Guimarães

Enquanto a bola não rola e não existe qualquer tipo de previsão em relação ao desfecho do grupo 3 da Liga A, sabe-se que o futuro de Portugal nesta competição começa a desenhar-se a 7 de setembro, quando Itália e Polónia se defrontarem em Bolonha.

Entretanto, a seleção nacional mede forças com a Itália na Luz (10 de setembro), vai a Chorzow jogar com a Polónia (11 de outubro), visita os transalpinos em Milão (17 de novembro) e acaba a sua participação na fase de grupos em Guimarães, ante os polacos (20 de novembro). Pelo meio, Polónia e Itália defrontam-se em Chorzow, a 14 de outubro.

Composição dos 16 grupos das quatro Ligas

Liga A:

Grupo 1 - Alemanha, França e Holanda
Grupo 2 - Bélgica, Suíça e Islândia
Grupo 3 - Portugal, Itália e Polónia
Grupo 4 - Espanha, Inglaterra e Croácia

Liga B:

Grupo 1 - Eslováquia, Ucrânia e República Checa
Grupo 2 - Rússia, Suécia e Turquia
Grupo 3 - Áustria, Bósnia e Irlanda do Norte
Grupo 4 - País de Gales, Rep. Irlanda e Dinamarca

Liga C:

Grupo 1 - Escócia, Albânia e Israel
Grupo 2 - Hungria, Grécia, Finlândia e Estónia
Grupo 3 - Eslovénia, Noruega, Bulgária e Chipre
Grupo 4 - Roménia, Sérvia, Montenegro e Lituânia

Liga D:

Grupo 1 - Geórgia, Letónia, Cazaquistão e Andorra
Grupo 2 - Bielorrússia, Luxemburgo, Moldávia e S. Marino
Grupo 3 - Azerbaijão, Ilhas Faroé, Malta, Kosovo
Grupo 4 - Macedónia, Arménia, Liechtenstein, Gibraltar.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os irados e o PAN

A TVI fez uma reportagem sobre um grupo de nome IRA, Intervenção e Resgate Animal. Retirados alguns erros na peça, como, por exemplo, tomar por sério um vídeo claramente satírico, mostra-se que estamos perante uma organização de justiceiros. Basta, aliás, ir à página deste grupo - que tem 136 000 seguidores - no Facebook para ter a confirmação inequívoca de que é um grupo de gente que despreza a lei e as instituições democráticas e que decidiu fazer aquilo que acha que é justiça pelas suas próprias mãos.