Rafael Nadal nas meias-finais do US Open depois de vencer Dominic Thiem

Tenista espanhol vai defrontar Juan Martin Del Potro na próxima sexta-feira

O tenista Rafael Nadal apurou-se esta quarta-feira para as meias-finais do Open dos Estados Unidos, ao derrotar o austríaco Dominic Thiem, depois de uma luta de quatro horas e meia para vencer os cinco sets por 0-6, 6-4, 7-5, 6-7 (4/7), 7-6 (7/5).

Os dois tenistas disputaram a partida mais longa da edição deste ano do US Open, último 'major' da temporada.

O maiorquino, n.º 1 mundial e que procura o quarto troféu em Flushing Meadows (Nova Iorque) e o 18.º no Grand Slam, vai enfrentar o n.º 3 do mundo, Juan Martin Del Potro, para disputar um lugar na final, como há um ano.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Patrícia Viegas

Espanha e os fantasmas da Guerra Civil

Em 2011, fazendo a cobertura das legislativas que deram ao PP de Mariano Rajoy uma maioria absoluta histórica, notei que quando perguntava a algumas pessoas do PP o que achavam do PSOE, e vice-versa, elas respondiam, referindo-se aos outros, não como socialistas ou populares, não como de esquerda ou de direita, mas como los rojos e los franquistas. E o ressentimento com que o diziam mostrava que havia algo mais em causa do que as questões quentes da atualidade (a crise económica e financeira estava no seu auge e a explosão da bolha imobiliária teve um impacto considerável). Uma questão de gerações mais velhas, com os fantasmas da Guerra Civil espanhola ainda presente, pensei.