Transferência de Rodrigo para o Atlético de Madrid foi abortada

O avançado hispano-brasileiro está de volta ao Valência, clube que atribui a responsabilidade da quebra do acordo aos colchoneros.

Rodrigo Moreno já não vai ser reforço do Atlético de Madrid. Foi Mateu Alemany, diretor-geral do Valência, que fez a revelação nesta quinta-feira, justificando que os colchoneros retiraram a proposta que tinham apresentado pelo antigo avançado do Benfica.

"Nesta altura não existe nenhuma oferta em cima da mesa por Rodrigo. Entendo perfeitamente a decisão de vender Rodrigo por parte do acionista maioritário do Valência [Peter Lim], mas quem fez a proposta já não está a fazê-la. E o que parecia ser um acordo acabou por não acontecer", disse Alemany, admitindo que "entre os clubes havia um princípio de acordo".

"Posteriormente, por circunstâncias que não têm que ver com o Valência, não se avançou. Creio que pelo Atlético de Madrid", acrescentou, garantindo que Rodrigo está agora disponível para a primeira jornada da Liga espanhola, na qual a equipa de Marcelino Toral recebe a Real Sociedad, no sábado às 18.00.

Refira-se que o avançado chegou mesmo a viajar para Madrid para realizar exames médicos, tendo os clubes chegado a um acordo para uma transferência que rondava os 55 milhões de euros.

Exclusivos