Rui Rego confirma reunião com RIcciardi mas rejeita fusão das listas

O advogado e candidato à presidência dos leões confirmou este domingo um encontro com José Maria Ricciardi no sábado, mas negou que tenha sido discutida uma junção das listas.

"Na conversa foram abordados vários temas entre os quais, naturalmente, o momento eleitoral que o Sporting vive e no qual, a nossa candidatura apresenta um projeto inovador e com uma capacidade desportiva e financeira que nenhuma outra candidatura apresenta. Neste encontro não foi discutida nenhuma forma de fusão entre listas nem nenhuma distribuição de cargos, pastas ou pelouros", lê-se em comunicado.

O encontro aconteceu após o dérbi com o Benfica, no Estádio da Luz, onde se registou um empate 1-1, em jogo da terceira jornada da I Liga.

"A proposta da lista E para o futuro do Sporting, pela qualidade que apresenta e pela forma como cada vez mais se tem implantado no terreno, tem, naturalmente, sido abordada por várias outras candidaturas", acrescenta a nota.

A terminar, lê-se que "Rui Jorge Rego está disponível para todas as conversas, com todos os sportinguistas, incluindo os candidatos, que tenham como objetivo melhorar o projeto para o futuro do Sporting".

As eleições no Sporting estão marcadas para 8 de setembro e acontecem na sequência da destituição de Bruno de Carvalho, por deliberação da Assembleia Geral extraordinária de 23 de junho.

João Benedito, José Maria Ricciardi, Pedro Madeira Rodrigues, Frederico Varandas, Rui Jorge Rego, Dias Ferreira e Fernando Tavares Pereira são os candidatos cujas listas foram validadas.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...