Sporting nunca perdeu contra equipas ucranianas

Leões defrontam esta quinta-feira o Vorskla Poltava e têm a seu favor o histórico diante de equipas ucranianas. São cinco vitórias e um empate

O Sporting defronta esta quinta-feira ao final da tarde o Vorskla Poltava (17.55 horas, em direto na SIC), em jogo da segunda jornada do Grupo E da Liga Europa. Será o sétimo confronto dos leões diante de equipas ucranianas e o histórico é francamente favorável à equipa portuguesa.

Nos seis jogos anteriores com equipas da Ucrânia, os leões não sofreram qualquer derrota - venceram cinco e empataram um. Curiosamente, o empate aconteceu na última vez que o Sporting se cruzou com equipas daquele país de Leste - foi em abril de 2012, uma igualdade a um golo como Metalist, em jogo dos quartos-de-final da Liga Europa.

Antes foram cinco triunfos. Na mesma eliminatória com o Metalist, mas no jogo realizado em Alvalade, venceram por 2-1. Diante do Shakhtar Donetsk, em 2009, na Liga dos Campeões, os leões venceram por 1-0 fora e ganharam pelo mesmo resultado em casa.

Na primeira vez que o caminho da equipa portuguesa se cruzou com clubes da Ucrânia, mais duas vitórias, desta vez diante do histórico Dínamo de Kiev, que foi batido pelos leões em casa por 2-1 e goleado em Alvalade por 3-0.

Esta quinta-feira, no reencontro com equipas ucranianas, os leões vão tentar somar o segundo triunfo na prova, depois de na primeira jornada terem vencido em Alvalade o Qarabag por 2-0.

Exclusivos

Premium

Maria Antónia de Almeida Santos

Uma opinião sustentável

De um ponto de vista global e a nível histórico, poucos conceitos têm sido tão úteis e operativos como o do desenvolvimento sustentável. Trouxe-nos a noção do sistémico, no sentido em que cimentou a ideia de que as ações, individuais ou em grupo, têm reflexo no conjunto de todos. Semeou também a consciência do "sustentável" como algo capaz de suprir as necessidades do presente sem comprometer o futuro do planeta. Na sequência, surgiu também o pressuposto de que a diversidade cultural é tão importante como a biodiversidade e, hoje, a pobreza no mundo, a inclusão, a demografia e a migração entram na ordem do dia da discussão mundial.