Movimento que apoia Bruno de Carvalho vai impugnar eleições

O movimento que apoia a candidatura rejeitada de Bruno de Carvalho à presidência do Sporting tenciona impugnar as eleições de sábado, baseando-se na alegada ilegalidade da Assembleia Geral (AG) de destituição e dos processos disciplinares

"Se não houver uma decisão judicial até essa data, no dia útil imediatamente a seguir [à Assembleia Eleitoral] entrará um pedido de impugnação da deliberação", afirmou o advogado de Bruno de Carvalho.

Numa conferência de imprensa, que não contou com a presença do presidente destituído, José Preto considerou "uma aberração" que o ato eleitoral marcado para sábado, que deverá eleger o sucessor de Bruno de Carvalho.

Alexandre Godinho, antigo vogal do Conselho Diretivo (CD) liderado por Bruno de Carvalho, foi o porta-voz do movimento "Feitos de Honra Leais ao Sporting", para explicar os principais fundamentos da impugnação das eleições, anunciada na segunda-feira, no Facebook, pelo presidente destituído.

"É impossível que o ato eleitoral não seja impugnado", disse Alexandre Godinho, referindo que na base da impugnação estará "a ilegalidade da AG de 23 de junho", que destituiu o CD liderado por Bruno de Carvalho, e a "ilegalidade dos processos disciplinares" interpostos pela Comissão de Gestão.

Alexandre Godinho, que também foi suspenso de sócio, enunciou outras alegadas irregularidades, lembrando que decorrem em tribunal processos sobre estas matérias.

O antigo vogal garantiu estar convicto de que se Bruno de Carvalho fosse a votos "ganharia" as eleições.

"Neste momento, assistimos a uma divisão de votos. Teríamos uma votação muito significativa, que nos levaria a uma vitória", referiu Alexandre Godinho, considerando que o CD suspenso está a ser alvo de "um julgamento sumário sem hipótese de defesa".

Eleito presidente do clube em março de 2013 e reconduzido em 2017, Bruno de Carvalho foi destituído do cargo na reunião magna de 23 de junho, com 71,36% dos votos, e posteriormente suspenso de sócio pela Comissão de Fiscalização criada na sequência da demissão da maioria dos membros do Conselho Fiscal e Disciplinar.

Na sequência da decisão, foram convocadas eleições para os órgãos sociais do clube, para o próximo sábado, e Bruno de Carvalho viu a sua candidatura rejeitada pela Mesa da AG, com base no facto de o ex-presidente estar suspenso de sócio.

Ler mais

Exclusivos

Premium

robótica

Quando os robôs ajudam a aprender Estudo do Meio e Matemática

Os robôs chegaram aos jardins-de-infância e salas de aula de todo o país. Seja no âmbito do projeto de robótica do Ministério da Educação, da iniciativa das autarquias ou de outros programas, já há dezenas de milhares de crianças a aprender os fundamentos básicos da programação e do pensamento computacional em Portugal.

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...