Candidatura de Dias Ferreira retificada e aceite

A candidatura de Dias Ferreira à presidência do Sporting foi este sábado validada, depois de uma retificação, informou o presidente da Mesa da Assembleia Geral do clube, Jaime Marta Soares.

"A lista Pelo teu Amor, liderada pelo Dr. Dias Ferreira, corrigiu a falha apontada, estando neste momento em condições de ser aceite e presente a sufrágio no próximo dia 08 de setembro de 2018", disse o presidente da MAG à agência Lusa.

A retificação de Dias Ferreira seguiu-se à de João Benedito, também validada sábado de manhã por Jaime Marta Soares, com os dois candidatos a juntarem-se na corrida às eleições a José Maria Ricciardi e Frederico Varandas.

Na sexta-feira, Jaime Marta Soares tinha dado apenas como elegíveis as candidaturas de José Maria Ricciardi e de Frederico Varandas, explicando que as restantes tinham "irregularidades formais".

Em causa estão ainda as candidaturas de Pedro Madeira Rodrigues (O Grande Sporting), Fernando Tavares Pereira (Unidos Venceremos) e Rui Jorge Rego (Projeto e Futuro), que têm que "ser retificadas num prazo máximo de 48 horas por forma a que possam ser consideradas".

Jaime Marta Soares explicou que pode receber, durante o fim de semana, as correções destas listas via email, para o seu pessoal ou para o que está adstrito pela Mesa da Assembleia Geral (MAG) do Sporting ao ato eleitoral, ou, em caso presencial, no domingo, entre às 18:00 e 24:00.

Igualmente na sexta-feira, o presidente da MAG rejeitou a candidatura do ex-presidente do clube Bruno de Carvalho.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os irados e o PAN

A TVI fez uma reportagem sobre um grupo de nome IRA, Intervenção e Resgate Animal. Retirados alguns erros na peça, como, por exemplo, tomar por sério um vídeo claramente satírico, mostra-se que estamos perante uma organização de justiceiros. Basta, aliás, ir à página deste grupo - que tem 136 000 seguidores - no Facebook para ter a confirmação inequívoca de que é um grupo de gente que despreza a lei e as instituições democráticas e que decidiu fazer aquilo que acha que é justiça pelas suas próprias mãos.

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Falta (transparência) de financiamento na ciência

No início de 2018 foi apresentado em Portugal um relatório da OCDE sobre Ensino Superior e a Ciência. No diagnóstico feito à situação portuguesa conclui-se que é imperativa a necessidade de reformar e reorganizar a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), de aumentar a sua capacidade de gestão estratégica e de afastar o risco de captura de financiamento por áreas ou grupos. Quase um ano depois, relativamente a estas medidas que se impunham, o governo nada fez.