Sp. Braga segura pérolas e renova com três campeões europeus

Trincão, Francisco Moura e David Carmo estenderam o contrato com o clube minhoto até 2023

A SAD do Sporting de Braga anunciou esta terça-feira que acertou as renovações de contrato dos jogadores Francisco Trincão, Francisco Moura e David Carmo até junho de 2023. Os três futebolistas, que se sagraram recentemente campeões da Europa sub-19, reforçaram assim a ligação ao clube.

"Estou muito feliz por esta renovação. É mais um voto de confiança que vou retribuir com todo o meu empenho e garra, a cada treino e a cada jogo. Seguimos juntos", referiu Trincão, de 18 anos, que está no clube desde 2011/12.

"É um momento muito especial para mim, porque tenho a possibilidade de continuar neste clube, a crescer e a evoluir. Este é também um voto de confiança que me deixa feliz, mas a partir daqui o foco está em continuar a trabalhar, com empenho e dedicação, dando sempre o meu melhor", disse Francisco Moura, de 19 anos, que também está no Sp. Braga desde 2011/12.

"Esta confiança depositada em mim pelo clube vai trazer ainda mais motivação para trabalhar todos os dias", disse o defesa David Carmo, de 19 anos.

Com este novo contrato, Francisco Moura e David Carmo ficaram com cláusulas de rescisão de 20 milhões de euros.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.