Sevilha contrata Munir e fica sem Nolito durante três meses

O espanhol Munir El Haddadi assinou este sábado um contrato de quatro temporadas e meia com o Sevilha, que o contratou ao FC Barcelona, anunciou o clube andaluz.

De acordo com o comunicado dos sevilhanos, o avançado, de 23 anos, passou este sábado os habituais testes médicos, antes de assinar o vínculo com o clube dos portugueses Daniel Carriço e André Silva.

Depois de fazer a parte final da sua formação no FC Barcelona, Munir chegou a fazer parte da equipa principal dos catalães em 2014/15 e 2015/16, antes de ser emprestado nas temporadas seguintes ao Valência e ao Alavés.

Na primeira parte desta temporada, Munir fez apenas 11 encontros pelos blaugrana e marcou dois golos, mudando-se agora para Sevilha.

Entretanto, o avançado espanhol Nolito vai desfalcar durante cerca de três meses o Sevilha, depois de se ter lesionado este sábado no perónio durante um treino da equipa da liga espanhola de futebol.

A lesão aconteceu durante o treino nas instalações do Athletic de Bilbau, com quem o Sevilha vai jogar no domingo, em jogo do campeonato espanhol.

Contratado esta temporada ao Manchester City, Nolito, ex-jogador do Benfica, não tem sido titular nos andaluzes, embora já tenha sido utilizado em 16 partidas.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

O relatório do Conselho de Segurança

A Carta das Nações Unidas estabelece uma distinção entre a força do poder e o poder da palavra, em que o primeiro tem visibilidade na organização e competências do Conselho de Segurança, que toma decisões obrigatórias, e o segundo na Assembleia Geral que sobretudo vota orientações. Tem acontecido, e ganhou visibilidade no ano findo, que o secretário-geral, como mais alto funcionário da ONU e intervenções nas reuniões de todos os Conselhos, é muitas vezes a única voz que exprime o pensamento da organização sobre as questões mundiais, a chamar as atenções dos jovens e organizações internacionais, públicas e privadas, para a necessidade de fortalecer ou impedir a debilidade das intervenções sustentadoras dos objetivos da ONU.