Sérgio Conceição: "Temos espírito de campeões"

Treinador portista comentou a vitória deste sábado do FC Porto sobre o Sp. Braga (1-0), no Estádio do Dragão, em partida da 10.ª jornada da I Liga

Sérgio Conceição elogiou exibição do Sp. Braga e qualidade do jogo, mas destacou caráter, personalidade e grande ambição dos jogadores do FC Porto.

Vitória justa? "Sim, marcámos um golo e o Sp. Braga não conseguiu fazer. Jogo muito competitivo, com duas equipas organizadas e que se conhecem bem. Houve ocasiões de parte a parte. As mexidas que fiz foram sempre à procura de vencer o jogo. Vi jogadores com intensidade no jogo, depois de terça-feira termos tido uma vitória justa na Champions."

Onze ambicioso? "Com muito respeito pelo Sp. Braga, um clube ambicioso e competitivo, nós somos campeões nacionais, somos o FC Porto. Perdemos aquele jogo na Luz e de então para cá só temos vencido. Quem viu o jogo no estrangeiro terá ficado muito agradado com o futebol português."

Otávio? "O importante é a equipa. O Adrián López ficou de fora hoje e tem trabalhado de forma fantástica. Há frustração mas aceitação das decisões do treinador."

Não perder até final da época? "Tenho uma equipa de caráter, com grande personalidade, que tem também uma grande ambição. Com este espírito, penso que vamos ser felizes no fim da época. Temos espírito de campeões.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Pedro Lains

Compreender Marques Mendes

Em Portugal, há recorrentemente espaço televisivo para políticos no activo comentarem notícias generalistas, uma especificidade no mundo desenvolvido. Trata-se de uma original mistura entre comentário político e espaço noticioso. Foquemos o caso mais saliente dos dias que correm para tentar perceber a razão dessa peculiaridade nacional. A conclusão é que ela não decorre da ignorância das audiências, da falta de especialistas sobre os temas comentados, ou da inexistência de jornalistas capazes. A principal razão é que este tipo de comentário serve acima de tudo uma forma de fazer política.