Ronaldo vende uma camisola a cada 30 segundos

Ronaldomania em Itália. Tuttosport diz que se venderam 55 mil camisolas em três semanas, o que gerou uma receita de 6,3 milhões de euros

Cristiano Ronaldo já começa a bater recordes pela Juventus ainda antes se ter estreado sequer em jogos não oficiais. A Ronaldomania está instalada em Itália e tem feito desaparecer a camisola 7 da vecchia signora à venda tanto na loja do clube como via online.

Segundo o diário desportivo italiano Tuttosport, foram vendidas 55 mil camisolas em apenas três semanas, o que gerou uma receita de 6,3 milhões de euros, estimando-se que o clube fique 10 a 12 por cento desse valor. O jornal transalpino fez as contas e chegou à conclusão que se têm vendido, em média, duas camisolas de CR7 a cada minuto, o que equivale dizer a uma a cada 30 segundos.

A estimativa é que, no final do ano, as receitas das vendas de camisolas do internacional português rondem entre 55 e 65 milhões de euros.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Pedro Lains

Compreender Marques Mendes

Em Portugal, há recorrentemente espaço televisivo para políticos no activo comentarem notícias generalistas, uma especificidade no mundo desenvolvido. Trata-se de uma original mistura entre comentário político e espaço noticioso. Foquemos o caso mais saliente dos dias que correm para tentar perceber a razão dessa peculiaridade nacional. A conclusão é que ela não decorre da ignorância das audiências, da falta de especialistas sobre os temas comentados, ou da inexistência de jornalistas capazes. A principal razão é que este tipo de comentário serve acima de tudo uma forma de fazer política.