Roger Federer eliminado em Wimbledon

Tenista suíço surpreendido nos quartos-de-final pelo sul-africano Kevin Anderson, em cinco sets

Grande surpresa em Wimbledon com a derrota de Roger Federer, o campeão em título e recordista de vitórias (oito) no torneio de relva do Grand Slam, que foi eliminado pelo sul-africano Kevin Anderson ao fim de mais de quatro horas de uma partida épica (2-6,6-7,7-6,6-4 e 13-11).

Federer parecia rapidamente encaminhado para chegar às meias-finais, depois de ter vencido os dois primeiros sets (6-2 e 7-6) e igualado o seu recorde de sets consecutivos ganhos em Wimbledon (34). A isso acrescentou ainda um match-point para fechar o encontro, no terceiro set, quando liderava por 5-4.

Mas então deu-se o inesperado, com uma reviravolta extraordinária de Kevin Anderson, que até esta quarta-feira não tinha ganho sequer qualquer set a Roger Federer. O sul-africano, de 32 anos, venceu esse terceiro set por 7-6 e arrancou para a mais extraordinária vitória da carreira, ganhando também os seguintes por 6-4 e 13-11.

Esta é apenas a terceira vez em 269 encontros de torneios do Grand Slam que Roger Federer desperdiça uma vantagem de dois sets a zero. O atual n.º 2 mundial não era eliminado antes das meias-finais desde 2013, quando então perdeu na segunda ronda face ao ucraniano Stakhovsky.

Ler mais

Exclusivos