Real Madrid nega ter oferecido 310 milhões de euros por Neymar

Informação foi avançada pela TVE na noite desta segunda-feira, dia em que o avançado esteve em destaque na vitória do Brasil sobre o México

O Real Madrid negou esta segunda-feira ter feito chegar ao PSG uma oferta de 310 milhões de euros para convencer o clube francês a abrir mão do avançado brasileiro Neymar, como tinha sido avançado pela televisão pública espanhola.

A notícia surgiu depois de Neymar ter marcado um golo e feito uma assistência na vitória do Brasil sobre o México (2-0) nos oitavos-de-final do Mundial que decorre na Rússia.

Segundo a informação da TVE, o Real Madrid teria oferecido um contrato de sete temporadas ao avançado brasileiro, com um salário de 45 milhões de euros por cada época.

A concretizar-se o negócio nestes moldes, Neymar seria o protagonista de nova transferência mais cara do futebol mundial, depois de no verão passado ter trocado o Barcelona pelo PSG por 222 milhões de euros.

Pouco depois da TVE ter difundido a informação, no entanto, o Real Madrid emitiu um comunicado a negar a oferta. "É rotundamente falsa. O Real Madrid não realizou nenhum tipo de oferta, nem ao PSG nem ao jogador", garante o clube espanhol.

Recorde-se que, ao mesmo tempo que se intensificam notícias sobre o interesse do Real em Neymar, o português Cristiano Ronaldo, atual figura maior do Real Madrid, tem o futuro em dúvida no Santiago Bernabéu, por o clube merengue não estar disposto a corresponder ao seu desejado aumento salarial - CR7 aufere atualmente cerca de 21 milhões de euros anuais e tem contrato até 2021, com uma cláusula de rescisão de 1000 milhões de euros.

Ler mais

Exclusivos