Quatro membros das Pussy Riot condenados a 15 dias de prisão

Elementos do grupo feminista invadiram domingo o relvado durante a final do Mundial entre França e Croácia

Os quatro elementos do grupo feminista Pussy Riot que no domingo invadiram o relvado durante a final do Mundial entre a França e a Croácia foram condenados esta terça-feira por um tribunal de Moscovo a 15 dias de prisão, a pena máxima possível neste caso, culpados de de "violar grosseiramente as regras do comportamento dos espectadores".

As quatro pessoas invadiram o relvado ao minuto 53, num momento que foi captado pelas câmaras de televisão, vestidas com uniformes da polícia. Além dos 15 dias de prisão efetiva vão ainda ficar três anos impedidas de frequentar eventos desportivos.