Presidente FPF mantém confiança em Fernando Santos

Selecionador tem contrato até ao Europeu de 2020.

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, confirmou, esta segunda-feira, a aposta em Fernando Santos para se manter à frente da seleção até ao final do contrato, em vigor até 2020.Em declarações no final da cerimónia em que foi distinguido com a Medalha Municipal de Mérito - Grau Ouro pela Câmara do Porto, Fernando Gomes reiterou que o contrato é para cumprir, apesar do desempenho da seleção "ter ficado aquém do perspetivado" no Mundial 2018".

As coisas têm de ser planeadas. Nós tomámos a decisão após a conquista do Euro de estabelecer um acordo com o Fernando Santos até 2020. Quando tomámos as decisões, foram, de certo modo, ponderadas, perspetivadas, fazendo a análise das questões e quando o fizemos sabíamos que havia um Mundial2018", disse o líder da FPF.

Assegurando tudo ter sido feito "para que as condições fossem criadas" para Portugal ter "uma boa participação", o facto de "ter ficado aquém do perspetivado", ao ser eliminado pelo Uruguai nos oitavos de final, não hipoteca o futuro, com Fernando Gomes a lembrar que "o futuro está aí, é a Liga das Nações, já a partir de setembro, e a qualificação para o Euro 2020".

"Continuamos a ser os campeões europeus, temos um título para defender e temos de trabalhar nesse sentido", disse Fernando Gomes.

E com o início da nova época desportiva à porta, o dirigente apelou "a todos para que haja consciência" de que "todos são necessários para construir um futebol melhor" em Portugal.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Saúde

Empresa de anestesista recebeu meio milhão de euros num ano

Há empresas (muitas vezes unipessoais) onde os anestesistas recebem o dobro do oferecido no Serviço Nacional de Saúde para prestarem serviços em hospitais públicos carenciados. Aquilo que a lei prevê como exceção funciona como regra em muitas unidades hospitalares. Ministério diz que médicos tarefeiros são recursos de "última instância" para "garantir a prestação de cuidados de saúde com qualidade a todos os portugueses".